Guia do Investidor

3 erros de quem começa a investir

Muitos dos erros cometidos em investimentos são estratégicos


Mulher branca de óculos com caderno aberto na mão, onde anotou 3 erros de quem começa a investir

Uma das melhores formas de aprender algo é a partir dos erros mais comuns. Para investimentos, não é diferente: você sabe quais os principais erros de quem começa a investir?

Neste post, apresentamos 3 dicas que o Prof. Liao, educador financeiro do C6 Bank, separou para os investidores iniciantes. Você também pode conferir o vídeo no nosso YouTube. Veja mais informações a seguir.

Relacionadas:

3 erros de quem começa a investir

1. Querer retorno rápido

Para investir e ver o retorno dos investimentos, é necessário ter paciência. Promessas de investimento que tenham retorno muito alto e garantido, sem risco, não refletem a realidade. Inclusive, é bom desconfiar, pois pode se tratar de uma pirâmide financeira.

A verdade é que, para ver seu dinheiro render de forma significativa e sustentada, você precisa estar disposto a esperar pelo menos 5 anos. Além disso, o Prof. Liao também faz o alerta: “day trade é jogar dinheiro fora, cuidado”.

2. Não ter uma estratégia

Tenha objetivos de médio ou longo prazo e adeque sua estratégia de investimento a eles. O processo ficará muito mais difícil de ser concluído sem uma definição de metas e prazos.

O mercado está cada vez mais desenvolvido e analistas de investimento têm se tornado bastante populares e, principalmente, acessíveis. Você pode experimentar contratar um para te ajudar a montar sua estratégia, baseado nos recursos e objetivos que você tem.

3. Não diversificar

Com a diversificação de investimentos, mesmo se um dos ativos nos quais você investe se desvalorizar e trouxer prejuízos, a chance de outras aplicações compensarem esse prejuízo e até trazerem lucro é maior.

Mas vale lembrar que, apesar de a diversificação ser importante, você deve levar sempre em consideração seu perfil de investidor. Não estamos recomendando que você invista em qualquer ativo, simplesmente pelo propósito de diversificar sua carteira. A sugestão é apenas a de buscar equilíbrio.

Como o C6 Bank pode te ajudar com seus investimentos

Quer evitar cometer mais erros? No C6 Bank, temos uma ferramenta para te ajudar com seus investimentos: o C6 TechInvest.

O C6 TechInvest é a assessoria de investimentos do C6 Bank, feita por meio do nosso app. Lá, você tem a oportunidade de descobrir o seu perfil de investidor, por meio do suitability, e de receber uma carteira de investimentos diversificada e personalizada para você, de acordo com o perfil que fizemos a partir das suas respostas.

Essa carteira é rebalanceada automaticamente, com a ajuda de algoritmos que acompanham o mercado e os ativos presentes no C6 TechInvest. Com base nessas informações, nossa equipe de especialistas revisa e ajusta a sua carteira quando necessário, sempre visando o máximo de retorno dentro do risco que você está disposto a correr.

Ele foi pensado para qualquer tipo de investidor, do iniciante ao experiente. Por conta disso, a aplicação mínima é de R$ 1.000.

Ainda não está usando o C6 Bank? Baixe o app, abra sua conta digital gratuita, peça seu cartão sem anuidade com a cor que quiser e aproveite um banco completo com tudo em um só app.

Leia também: CDB x Poupança: qual o melhor investimento?