Produtos

5 respostas para entender o C6 TechInvest

C6 TechInvest busca diversificação de investimentos por meio do balanceamento de ativos nacionais e internacionais


De volta à ativa: 85% das pequenas empresas retomaram suas atividades

Se você é cliente do C6 Bank ou está pesquisando sobre os nossos serviços e soluções, já deve ter ouvido falar sobre o C6 TechInvest.

Ele é o produto de carteira administrada oferecido pelo C6 Bank, que busca a diversificação dos investimentos por meio do balanceamento de ativos nacionais e internacionais.

Quer saber como funciona o C6 TechInvest? Confira 5 respostas que vão te ajudar:

1. Como o C6 TechInvest monta cada carteira?

Funciona assim: você nos conta qual é o seu objetivo com o investimento e a gente monta uma carteira que possa oferecer o máximo de retorno dentro do risco que você está disposto a correr.

Cada carteira é customizada de acordo com as escolhas e objetivos de cada um. Para chegar ao modelo ideal, foram cerca de 9 meses de trabalho dos nossos especialistas junto com os pesquisadores das universidades de Columbia e Stanford. Esse processo nos auxiliou a encontrar as melhores composições de ativos.

Inclusive, um dos testes foi analisar a rentabilidade de diversos investimentos nos últimos 20 anos, buscando ativos que tivessem comportamentos diferentes quando o mercado estivesse em alta ou em baixa. Combinando esses ativos em uma carteira de forma equilibrada, você consegue ter o máximo de retorno para o mínimo de risco.

2. O que pode ter em uma carteira do C6 TechInvest?

São 9 ativos: renda fixa no exterior, com Tesouro dos EUA, renda fixa no Brasil, com títulos públicos atrelados ao IPCA e prefixados, renda variável nos EUA, com o S&P 500 e o Nasdaq, renda variável no Brasil, com o Ibovespa, e metais preciosos, como ouro e prata.

É importante lembrar que dá para o investidor modificar o que foi sugerido e aumentar ou diminuir a exposição em determinados ativos.

Relacionadas:

3. Como o C6 TechInvest consegue ter investimento inicial baixo com classes de ativos que geralmente custam caro?

Justamente para tornar o investimento acessível, o C6 Bank compra os ativos para você utilizando fundos de investimento dos quais você se torna cotista. Então, para cada classe de ativo presente na sua carteira, tem um fundo de investimento que serve simplesmente como uma interface para você ter acesso aos produtos que compõem a sua carteira.

Com isso, dá para investir em ativos no Brasil e no exterior que de outra forma só podem ser acessados por quem tem um volume bem alto de dinheiro para investir. Isso com uma taxa de administração baixa, de 0,7% ao ano sobre o valor investido, sem cobrança de taxa de performance.

4. Quem faz o rebalanceamento da carteira? Um robô ou um especialista em investimentos?

As duas coisas. Usamos algoritmos que fazem acompanhamento do mercado e dos ativos presentes no C6 TechInvest e, com base nessas informações, a nossa equipe de especialistas revisa e ajusta a sua carteira quando necessário.

5. Para quem foi pensado o C6 TechInvest?

Como cada pessoa pode ter uma carteira customizada, o C6 TechInvest foi pensado para qualquer tipo de investidor. Do iniciante ao experiente. A aplicação mínima é de R$ 1.000,00.

O C6 TechInvest pode ser ainda mais interessante se você não tem tempo para ficar estudando investimentos, acha que está pagando caro demais para investir e quer investir no exterior, mas acha muito complicado.

Ainda não está usando o C6 Bank? Baixe o app, abra sua conta digital gratuita, peça seu cartão sem anuidade com a cor que quiser e aproveite um banco completo com tudo em um só app.

Leia também: Quais são os benefícios do cartão C6 Carbon?