Seu Bolso

6 maneiras simples para economizar na conta de luz do home office

Quem faz home office ou está em esquema híbrido de trabalho viu o valor das contas de luz disparar


mulher sentada olhando para a tela do computador

Quem faz home office ou está em esquema híbrido de trabalho viu o valor das contas de luz disparar. Mas você sabia que alguns pequenos hábitos podem ajudar a dar uma boa aliviada nessa conta? Confira aqui:

1. Use notebook ao invés do desktop

De acordo com um levantamento da empresa de infraestrutura de TI, AP Networks, em um expediente de 8 horas, cada computador acrescenta cerca de R$ 36,50 no valor mensal da conta, variando de estado para estado, dependendo da concessionária. Esse é o valor apenas para o gabinete. Os monitores atuais de Led gastam bem menos que os antigos “tubos”, mas ainda assim, em 8 horas de uso, são mais R$ 11,68, totalizando R$ 48,18.

Por outro lado, os notebooks já são projetados para o baixo consumo. Com o aparelho totalmente carregado, tem-se em média 4 horas de autonomia. Para efeito de comparação, um notebook conectado ao carregador consome em média 65W. Ligado durante as mesmas 8 horas de expediente, o custo mensal seria de R$ 9,49.

A economia pode ser potencializada ao acionar o modo economia de energia sempre que possível. Ele permite gerenciar os tempos de inatividade de componentes e processos que consomem a maior parte da energia de um computador, a exemplo do monitor, disco rígido, configurações de desktop, placa sem fio (wireless) e processador.

2. Escolha cores claras para a decoração

Se possível, opte por piso, paredes, cortinas e móveis de cores mais claras. Elas refletem melhor tanto a luz natural quanto a artificial e dão a impressão de iluminação mesmo ao final do dia. Isso ajuda a economizar.

3. Trabalhe de frente para a janela

A luz natural é uma grande aliada da economia de energia elétrica. Se posicionando de frente para ela, é possível obter a iluminação suficiente para as chamadas de vídeo na maior parte do dia.

Outro benefício de trabalhar de frente para a janela é que a tela do computador não recebe luz direta e pode, então, ficar com a luminosidade mais baixa. Isso contribui bastante para a economia de bateria.

Relacionadas:

4. Otimize o preparo das refeições

Prefira equipamentos a gás, já que, mesmo com as recentes altas no preço do botijão, eles trazem mais economia quando comparado a um cooktop elétrico.

Cozinhe em maiores quantidades e armazene – preparar os alimentos em grandes quantidades e guardar na geladeira ou refrigerador reduz a quantidade de tempo diário utilizado para cozinhar.

5. Diminua o tempo de uso do microondas

Apesar de não ser um grande vilão da economia de energia elétrica, o aparelho pode acabar elevando o gasto mensal se não for utilizado de maneira adequada.

Uma boa ideia é descongelar os alimentos com antecedência e adicionar um pouco de água antes do descongelamento. Na hora que for aquecer algum alimento, cubra-o com um prato ou uma tampa e escolha refratários brancos, já que a cor reflete mais calor para o alimento.

6. Escolha o ar-condicionado mais econômico

A escolha de um ar-condicionado eficiente e mais econômico depende da capacidade do aparelho diante da sua necessidade. Isso deve ser calculado pela quantidade de BTUs (Unidade Térmica Britânica). Nos sites de algumas marcas, é possível encontrar simuladores que fazem essa conta automaticamente de acordo com a metragem do ambiente e a incidência solar.

Modelo

O modelo atual considerado o mais econômico costuma ser o chamado split inverter. Ele consegue manter a temperatura média do cômodo sem grandes oscilações. Isso evita que o aparelho puxe muita eletricidade de uma única vez, economizando até 60% no gasto de energia.

Função sleep

Para quem quer economizar energia, é recomendado escolher os modelos que possuem a função sleep. Dessa forma, o aparelho é programado para desligar depois de um tempo suficiente para resfriar (ou aquecer) o ambiente.

Você sabia que pode colocar a conta de luz no débito automático do C6 Bank?

Você pode cadastrar as contas essenciais e recorrentes no débito automático do C6 Bank: água, luz, telefone, gás, internet, cartão de crédito C6 Bank e até alguns tributos.

E você ainda pode limitar a cobrança dos débitos automáticos para sua segurança. A conta de luz veio mais cara? Não tem problema. No mês que a cobrança superar o valor que você estabeleceu como referência, o banco envia um alerta por e-mail, notificação no celular ou SMS.

Para verificar as concessionárias conveniadas com o C6 Bank, acesse o app e toque em “Débito Automático”, em seguida toque em “Cadastrar Novo” e siga as instruções.

Leia também: Tudo o que você precisa saber sobre o débito automático do C6 Bank