Seu Bolso

7 maneiras de proteger o seu dinheiro da alta do dólar

Conheça sete estratégias para preservar o seu patrimônio em um cenário de disparada do dólar


Mulher segurando um xicara, ouvindo música e pesquisando no computador estratégias para se proteger da alta do dólar.

A alta do dólar impacta (e muito!) a vida dos brasileiros. E não estamos falando só de quem tem viagem marcada para o exterior. O dólar caro puxa para cima os preços de insumos e produtos importados.

Quer um exemplo? Uma boa parte dos pães vendidos nas padarias brasileiras é feita com trigo importado. Se o dólar sobe, o trigo fica mais caro e pressiona o preço do pãozinho.

No início da pandemia de coronavírus, em março de 2020, o dólar chegou a superar os R$ 5,90. Mais de um ano e meio depois, a instabilidade política levou novamente a cotação da moeda norte-americana para patamares elevados.

E como proteger o seu dinheiro da variação cambial? O segredo está na diversificação.

A seguir, separamos 7 estratégias de diversificação de carteira de investimentos para proteger o seu dinheiro da alta do dólar.

Ações de empresas exportadoras

Uma alternativa para proteger o seu dinheiro da oscilação do dólar são as ações de empresas exportadoras. Essas companhias normalmente produzem com custos em real e vendem para o mercado internacional em dólar. Por isso, quanto maior a cotação da moeda norte-americana, maiores as oportunidades de ganho.

Algumas das empresas exportadoras listada na B3 são: Vale (VALE3), Klabin (KLBN11), Marfrig (MRFG3), Gerdau (GGBR4), Suzano (SUZB3), CSN (CSNA3), Minerva (BEEF3), BRF (BRFS3) e Lochpe Maxion (MYPK3).

Fundo cambial

Os fundos cambiais são produtos de investimento que exploram as oscilação de uma ou mais moedas estrangeiras. Esses fundos costumam acompanhar a tendência de valorização da moeda internacional, mas sua rentabilidade pode variar para mais ou para menos dependendo da estratégia do gestor.

ETF de índices internacionais

O ETF (sigla em inglês para Exchange-Traded Fund) é uma espécie de fundo de investimento, mas sem que haja um gestor escolhendo quais ações comprar. Isso porque os ETF reproduzem um índice.

Para se proteger da oscilação do dólar, uma alternativa são os ETFs de índices internacionais. Um exemplo é o IVVB11, que replica o S&P 500, índice que inclui as 500 principais empresas de capital aberto negociadas nos Estados Unidos. Há também o NASD11, que segue a variação do índice Nasdaq.

Assim como as ações e os fundos imobiliários, os ETFs são negociados na área de renda variável do seu app do C6 Bank.

C6 TechInvest

O C6 TechInvest é serviço que usa tecnologia para auxiliar o usuário a diversificar seus investimentos de forma personalizada. Sem o intermédio de consultores ou conflito de interesses, o serviço monta uma carteira customizada com ativos do Brasil e do exterior, de renda fixa a metais preciosos. Por ter parte dos recursos alocados em ativos internacionais (Nasdaq, S&P, ouro, prata e títulos do tesouro americano), as carteiras do C6 TechInvest ajudam a proteger os recursos dos investidores em caso de variação cambial.

BDR de empresas estrangeiras

Outra possibilidade é a compra de BDRs (Brazilian Depositary Receipts), que são recibos de ações estrangeiras vendidos pela B3. Antes restritos a investidores qualificados e institucionais, os BDRs estão disponíveis para todos os investidores desde outubro do ano passado.

Como o nome diz, os BDRs são recibos que garantem a conversibilidade da ação. Ou seja, o investidor que compra um BDR não passa a ser um acionista da empresa estrangeira, mas seu recibo acompanha todas as oscilações de preço do papel negociado nos EUA.

Na área de renda variável do C6 Bank é possível comprar BDRs de empresas como Netflix, Apple, Pfizer, Microsoft, Disney e Google, entre outras.

Fundos multimercado

Os Fundos Multimercados costumam ser atalhos convenientes para quem está em busca de diversificação nos investimentos. Os gestores desse tipo de fundo têm liberdade para compor e balancear a carteira com diferentes classes de ativos. Consulte a área de fundos do C6 Bank em busca das opções mais adequadas para o seu perfil e para a sua estratégia.

Poupança em moeda estrangeira

Outra possibilidade para proteger o seu patrimônio é fazer uma poupança em moeda estrangeira via Conta Global do C6 Bank. Você faz o câmbio de forma rápida e simples, diretamente pelo app. O dinheiro (em dólares ou euros) cai na sua conta internacional na mesma hora.

Ainda não está usando o C6 Bank? Baixe o app, abra sua conta digital gratuita, peça seu cartão sem anuidade com a cor que quiser e aproveite um banco completo com tudo em um só app.

Leia também: Taxa de desemprego: o que é e qual o seu impacto na economia?