MEI

Aposentado pode ser MEI?

Entenda se um aposentado pode abrir um CNPJ como MEI


Aposentado pode ser MEI?
Aposentado pode ser MEI?

Para algumas pessoas a aposentadoria não é sinônimo de parar de trabalhar. Por isso, se você é aposentado e quer uma fonte de renda extra ou tem o desejo de manter a mente e o corpo ativos, ter o seu próprio negócio pode ser uma opção.  Mas, um aposentado pode ser MEI?

Nesta matéria, iremos explicar se os benefícios da aposentadoria serão mantidos após a abertura do MEI. Confira:  

Relacionadas:  

Aposentado pode ser MEI?  

A resposta para essa pergunta é: depende. A maioria dos aposentados podem ser MEI. Os aposentados por idade, tempo de contribuição e tempo de serviço conseguem abrir o CNPJ.  

No entanto, existem algumas exceções a essa regra. Confira os aposentados que não podem abrir um CNPJ como MEI:  

  • Aposentados por invalidez; 
  • Ex-funcionários públicos; 
  • Aposentados especiais; 
  • Aqueles que são sócios ou administradores de outras empresas. 

Mas se você recebe seguro-desemprego, cuidado: você pode abrir um MEI, mas perderá o seu benefício. 

Continuo recebendo minha aposentadoria ao abrir MEI? 

Uma dúvida frequente entre os aposentados que querem ser microempreendedores individuais é se o beneficiário continuará recebendo a aposentadoria ao se tornar MEI.  

A resposta é: sim! Ao abrir um MEI, você não perderá o seu benefício.

Conheça a conta C6 MEI 

Se você está pensando em virar microempreendedor individual, a conta C6 MEI é para você: a solução do C6 Bank para empreendedores é gratuita, ágil e descomplicada.  

Além da conta grátis, o cartão de crédito também não tem anuidade. Outra vantagem é PIX e depósitos por boleto sem custo.  

Através da conta, você também poderá contratar maquininha de cartão de crédito e crédito para crescer. 

Ainda não é cliente do C6 Bank? Abra uma Conta MEI completa e sem tarifas com C6 Business sem anuidade. 

Leia também:  Limite de faturamento MEI: entenda as mudanças