Novidades

C6 Bank fica em 1º lugar na lista LinkedIn Top Startups 2021 no Brasil

Esta é a segunda vez que o banco integra a lista de startups que mais se destacaram por seu crescimento, comprometimento e atração de talentos


Foto da fachada do prédio do C6 Bank, onde se pode ver movimento do carro em time lapse e duas pessoas mexendo no celular

O C6 Bank conquistou o 1º lugar na quarta edição do LinkedIn Top Startups, ranking criado pela equipe editorial do LinkedIn Notícias com base no comportamento dos usuários da rede. Esta é a segunda vez que o banco aparece na lista. Em 2019, o C6 Bank ficou em segundo lugar entre 25 startups. Na época, a instituição tinha acabado de iniciar sua operação comercial com o lançamento do aplicativo e tinha cerca de 500 funcionários. Hoje, esse número praticamente triplicou.

Para elencar as 10 startups da lista, o time editorial do LinkedIn levou em consideração insights da plataforma e quatro pilares: crescimento no número de funcionários, interesse por vagas, engajamento de usuários com a empresa e seus funcionários, além da atração de profissionais.

Esse é um reconhecimento muito importante e nos deixa honrados, especialmente quando pensamos que o C6 Bank é uma empresa jovem, que conseguiu, em tão pouco tempo, se tornar uma empregadora forte e capaz de atrair grandes talentos”, diz Rafael Brazão, head de Recursos Humanos do banco.  

No momento, o C6 Bank está com 500 vagas de emprego abertas, para todas as áreas e níveis de experiência. Esse é o maior movimento de contratação desde o lançamento do banco e tem o objetivo de acompanhar o crescimento da instituição, que ultrapassou em agosto a marca de 10 milhões de clientes.

Este tem sido um ano de importantes conquistas para o C6 Bank. O banco foi eleito o melhor banco digital pelo prêmio Canaltech, estreou no top 3 do ranking da Forbes de melhores bancos e foi finalista do prêmio iBest em quatro categorias.  A premiação do LinkedIn analisa o comportamento de mais de 774 milhões de usuários. A lista é realizada em outros 25 países, como Alemanha, Canadá, Estados Unidos, Itália, índia, Japão, México, Arábia Saudita, Bélgica, Cingapura e Egito.