Novidades

C6 Bank lança programa de mentoria em tecnologia para mulheres

Em parceria com a comunidade Test Girls, banco quer estimular o desenvolvimento da carreira de jovens profissionais na área de tecnologia


O C6 Bank acaba de lançar seu primeiro programa de mentoria voltado para mulheres, cis e trans que trabalham na área de tecnologia e estão no início de suas vidas profissionais. Durante três meses, funcionárias e funcionários do banco doarão seu tempo e experiência com o objetivo de auxiliar no processo de planejamento, desenvolvimento e direcionamento de carreira dessas jovens.

O projeto de mentoria do C6 Bank foi concebido em parceria com a comunidade Test Girls, uma iniciativa sem fins lucrativos criada em 2017 por duas profissionais da área de tecnologia que queriam capacitar mulheres, cis e trans para trabalhar com testes de software. Essa é uma atividade que vem ganhando espaço no mercado, mas ainda é ocupada majoritariamente por homens.

“Queríamos encorajar mulheres a aprender automação de teste para trabalharem na área de qualidade das empresas. Mas, com o passar do tempo, sentimos a necessidade de ampliar o escopo para outras carreiras na área de tecnologia”, explica Daniela Vieira, cofundadora do Test Girls e head de qualidade de software do C6 Bank.

Em quase quatro anos, foram cerca de 40 eventos que impactaram mais de 800 profissionais — muitas delas aprenderam a programar do zero nesses encontros. “Agora, com a mentoria, temos a oportunidade de criar uma conexão maior, tratando de temas que vão além de soluções técnicas e que estimulam o desenvolvimento profissional.”

Oferecer mentoria para mulheres que estão iniciando sua trajetória no mercado de tecnologia e ajudá-las a evoluir na carreira são iniciativas que estão fortemente ligadas ao propósito do Test Girls e também do C6 Bank. 

“Temos um compromisso interno de fomentar a contratação de mulheres em cargos de liderança e estamos desenhando um programa para promover a igualdade de gênero no ambiente corporativo”, diz Rafael Brazão, head de Gente e Gestão do C6 Bank. 

Hoje, cerca de 35% dos funcionários do banco são mulheres e a meta é ampliar essa participação.

Nesta primeira edição do programa de mentoria, foram abertas 15 vagas para profissionais que já integram a comunidade Test Girls, com a única exigência de que as candidatas estejam trabalhando na área de tecnologia. Para que seja uma troca rica e relevante, os mentores do C6 Bank devem ter no mínimo três anos de experiência no mercado de trabalho, com pelo menos dois níveis acima do cargo da mentorada. Cada dupla fará encontros individuais e participará de workshops sobre carreira, educação financeira, recrutamento, gênero e mercado de tecnologia.