Novidades

C6 Bank reduz transferência mínima de pontos Átomos para programa LATAM Pass

Clientes do banco podem transferir a partir de 1 mil pontos Átomos para programa de companhia aérea parceira


C6 Bank reduz transferência mínima de pontos Átomos para programa LATAM Pass

O C6 Bank reduziu novamente o limite mínimo de pontos Átomos que podem ser transferidos para o LATAM Pass. Agora, clientes do banco podem transferir a partir de 1 mil pontos Átomos para o programa de fidelidade da companhia aérea parceira. Antes, era preciso esperar acumular 5 mil pontos para fazer uma transferência.

Recentemente, o banco já havia reduzido o limite mínimo da transferência de pontos para o programa TudoAzul para 100 pontos. Já nas transferências para o Smiles (Gol), o limite é de 5 mil pontos e para o TAP Miles&Go, 50 mil pontos.

Relacionadas:

Além dos programas ligados a companhias aéreas, desde abril, clientes do banco também têm a opção de transferir os pontos Átomos para a Livelo, um dos principais programas de recompensas do país. Nesse caso, o limite mínimo de cada transferência é de 5 mil pontos. 

Em todos os casos, 1 ponto Átomo vale 1 ponto no programa parceiro escolhido pelo cliente. Já os valores mínimos de transferências podem ser alterados a qualquer momento sem aviso prévio. 

Pontos Átomos 

O Programa de Pontos Átomos é o programa de fidelidade do C6 Bank. Com ele, o cliente que usa o cartão C6 ou o cartão C6 Platinum acumula 0,03 ponto a cada real gasto no débito e 0,05 ponto a cada real gasto no crédito. Já os clientes com cartão C6 Carbon acumulam 2,5 pontos a cada dólar gasto na função crédito. 

Os clientes também ganham pontos Átomos ao fazer portabilidade de salário, cadastrar o CPF e o celular como chaves Pix e conquistar recompensas no C6 Experience, o programa de relacionamento que premia os clientes pelo uso dos produtos e serviços do banco. Mas aqueles que quiserem acumular pontos Átomos ainda mais rapidamente podem contratar um dos planos aceleradores disponíveis no app do C6 Bank

Com o plano C6 + Pontos, que custa R$ 6 ao mês, os clientes passam a acumular 0,10 ponto Átomo a cada real gasto no débito (três vezes mais que o normal) e 0,28 ponto Átomo a cada real gasto no crédito (cinco vezes mais que o normal). Com o plano C6 + Bônus, que custa R$ 20 ao mês, clientes acumulam os mesmos 0,10 ponto a cada real gasto no débito, 0,28 ponto a cada real gasto no crédito e mais 600 pontos fixos todo mês. 

Já os clientes com o cartão C6 Platinum também podem contratar o plano C6 Platinum. Com ele, o cliente acumula 0,10 ponto no débito e 0,40 ponto no crédito (oito vezes mais que o normal). O plano C6 Platinum custa R$ 40 mensais, mas a mensalidade é estornada caso o cliente gaste mais de R$ 4 mil no crédito no mês. Além disso, clientes que assinarem o plano C6 Platinum até 31 de julho, ganham três meses de isenção automaticamente.

A adesão ao programa é gratuita e os pontos Átomos não expiram, ou seja, o cliente não paga nada para participar e pode acumular pontos por quanto tempo quiser antes de usá-los. Entre as opções disponíveis, além dos programas de pontos parceiros, estão passagens aéreas com condições vantajosas, cashback com dinheiro de volta na conta e mais de 60 mil produtos e serviços disponíveis na C6 Store, a loja virtual que fica dentro do aplicativo do banco. 

Também é possível utilizar os pontos Átomos acumulados para pagar compras do cartão de crédito com o recurso Pague com Pontos, conhecido no exterior como PWR, sigla para Pay With Rewards, e que chegou ao Brasil exclusivamente no C6 Bank em parceria com a Mastercard.

Ainda não está usando o C6 Bank? Baixe o app, abra sua conta digital gratuita, peça seu cartão sem anuidade com a cor que quiser e aproveite um banco completo com tudo em um só app.

Leia também: C6 Bank oferece 3 mensalidades grátis em plano acelerador de pontos Átomos C6 Platinum