Novidades

C6 Bank reduz valor mínimo necessário para transferir pontos Átomos para programas de companhias aéreas

Pontos acumulados podem ser trocados por passagens aéreas, cashback com dinheiro na conta, mais de 60 mil produtos disponíveis na C6 Store ou crédito na fatura do cartão


Foto de um homem negro, de cabelos crespos de comprimento médio. Usa casaco bege e calça social preta, com joelho direito apoiado no chão. Tem um leve sorriso no rosto. Na mão direita segura o cartão vermelho do C6 Bank, na vertical. Ao lado do joelho direito há duas pequenas esferas, uma vermelha e outra amarela, nas cores do logo da Mastercard.

O C6 Bank reduziu o limite mínimo necessário de pontos Átomos que podem ser transferidos para programas de fidelidade de companhias aéreas parceiras. Agora, clientes do banco já podem transferir a partir de 5 mil pontos Átomos para o programa LATAM Pass. Antes, o limite era de 10 mil pontos.

Para o programa TudoAzul, o limite mínimo para transferir caiu de 5 mil para 100 pontos. Nas transferências para Smiles, o limite foi mantido em 5 mil pontos.

O Programa de Pontos Átomos é o programa de fidelidade do C6 Bank. Com ele, o cliente que usa o cartão C6 ou o cartão C6 Platinum acumula 0,03 pontos a cada real gasto no débito e 0,05 pontos a cada real gasto no crédito. Já os clientes com cartão C6 Carbon acumulam 2,5 pontos a cada dólar gasto na função crédito. 

A adesão ao programa é gratuita e os pontos Átomos não expiram, ou seja, o cliente não paga nada e pode acumular os pontos por quanto tempo quiser antes de trocá-los ou transferi-los. Já os clientes que quiserem acumular pontos Átomos mais rapidamente podem contratar um dos planos aceleradores disponíveis. 

Com o plano C6 + Pontos, que custa R$ 6 ao mês, os clientes passam a acumular 0,10 pontos Átomos a cada real gasto no débito (três vezes mais que o normal) e 0,28 pontos Átomos a cada real gasto no crédito (cinco vezes mais que o normal). Com o plano C6 + Bônus, que custa R$ 20 ao mês, clientes acumulam os mesmos 0,10 pontos Átomos a cada real gasto no débito, 0,28 pontos Átomos a cada real gasto no crédito e mais 600 pontos fixos todo mês. 

Já os clientes com o cartão C6 Platinum podem contratar também o plano C6 Platinum exclusivo. Com ele, o cliente acumula 0,10 pontos Átomos no débito e 0,40 pontos Átomos no crédito (oito vezes mais que o normal). O plano C6 Platinum custa R$ 40 mensais, mas a mensalidade é estornada caso o cliente gaste mais de R$ 4 mil no crédito no mês. 

Após acumular os pontos Átomos, os clientes podem transferi-los para companhias aéreas parceiras ou trocá-los por passagens aéreas, cashback com dinheiro na conta ou mais de 60 mil produtos e serviços disponíveis na C6 Store, a loja virtual que fica dentro do aplicativo do banco. 

Também é possível utilizar os pontos Átomos acumulados para pagar compras do cartão de crédito com o recurso Pague com Pontos, conhecido no exterior como PWR, sigla para Pay With Rewards, e que chegou ao Brasil exclusivamente no C6 Bank em parceria com a Mastercard. 

Assim como no acúmulo de pontos, não é necessário esperar o fechamento da fatura para utilizar o benefício. É possível utilizar o Pague com Pontos imediatamente após a aprovação da compra no cartão de crédito, quando a transação aparece na linha do tempo do cartão. Basta acessar a linha do tempo de cartões e trocar os pontos. O crédito do valor será realizado na fatura em aberto ou na próxima fatura.

Os valores mínimos de transferência de pontos para companhias aéreas parceiras podem ser alterados a qualquer momento sem aviso prévio.