Novidades

C6 Bank torna-se primeiro banco digital a se associar ao Instituto Ethos

Instituto apoiará C6 Bank no aperfeiçoamento de práticas socioambientais por meio de palestras, acesso a tendências e conteúdos especializados


Foto da fachada do prédio do C6 Bank

O C6 Bank acaba de se tornar o primeiro banco digital associado ao Instituto Ethos, referência brasileira na área de sustentabilidade. A organização sem fins lucrativos tem como missão mobilizar, sensibilizar e apoiar empresas na gestão socioambiental responsável de seus negócios.

As empresas associadas ao Instituto Ethos se comprometem a promover uma sociedade mais justa, inclusiva e sustentável e fazem parte de um ecossistema com centenas de empresas e diversas organizações que estão na vanguarda da sustentabilidade, construindo caminhos para a superação dos desafios que o desenvolvimento sustentável pode encontrar.

Com a associação, a partir de agora, o Instituto Ethos apoiará o C6 Bank no aperfeiçoamento de práticas socioambientais por meio de palestras, acesso a tendências e conteúdos especializados na área da sustentabilidade. Esses mecanismos permitirão que o C6 Bank se conecte ainda mais com as inovações e soluções estratégicas nas temáticas de responsabilidade social e sustentabilidade e possa avançar nessas frentes de atuação.

O Instituto Ethos atua há mais de 20 anos para contribuir com uma sociedade mais justa, diversa, inclusiva e sustentável, em linha com o que a Carbon Holding, controladora direta do C6 Bank, está construindo. A atuação do Instituto se dá a partir de quatro grandes áreas: direitos humanos, gestão para o desenvolvimento sustentável, integridade e meio ambiente.

Outras iniciativas

A associação ao Instituto Ethos é mais uma iniciativa do C6 Bank para promover práticas mais sustentáveis, principalmente, na área do meio ambiente.

Neste ano, o C6 Bank também se tornou participante do Pacto Global da ONU, a maior iniciativa de sustentabilidade corporativa do mundo, que atua nas áreas dos direitos humanos, trabalho, meio ambiente e anticorrupção. Com a assinatura da carta de participação, o C6 Bank se juntou a mais de 12 mil empresas e 4 mil organizações não empresariais que formam a rede do Pacto Global da ONU em 160 países. A rede trabalha de forma alinhada com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), que incentivam a atuação de companhias no sentido da transformação social.

Em 2020, o C6 Bank fez o cálculo da quantidade de gás carbônico lançado na atmosfera com o consumo de energia elétrica e o transporte de funcionários, do táxi à viagem de avião, e compensou a emissão de 475 toneladas de CO² com a compra de créditos de carbono gerados pelo projeto Fortaleza Ituxi, localizada no Sul da Amazônia. A iniciativa, que tem certificação internacional, protege uma área de 150 mil hectares e viabiliza a produção de açaí e castanhas pela população local, além da geração de energia solar.

Já em 2019, o prédio em que está localizada a sede o C6 Bank em São Paulo obteve a certificação LEED (Leadership in Energy & Environmental Design), na categoria Gold, que reconhece edifícios sustentáveis no mundo todo. O selo, desenvolvido pelo Conselho de Construção Verde dos Estados Unidos, aponta boas práticas no uso de recursos naturais, como água e energia, celebra ações para diminuir o impacto ambiental da construção civil e incentiva soluções inovadoras para o ambiente.