Economia

Cenário macro: Inflação segue elevada, mas expectativas melhoram

O IPCA-15 de dezembro veio abaixo das expectativas de mercado, registrando alta de 0,78%. Veja principais fatos comentados da semana


A equipe econômica do C6 Bank divulgou nesta quinta-feira (23) mais uma edição do seu relatório macroeconômico semanal. O destaque fica por conta da inflação, que segue alta, e para alguns sinais positivos no horizonte. Veja, abaixo, a íntegra do documento.


INTERNACIONAL


Estados Unidos: alta de preços permanece

A inflação segue pressionada. O índice, medido pelo PCE, subiu 5,7% nos últimos doze meses até novembro, com destaque para o preço de energia. O núcleo da inflação, que exclui energia e alimentos, subiu robustos 4,7%.

A renda das famílias registrou expansão de 0,4% em novembro frente ao mês anterior. Os gastos com consumo aumentaram 0,6%, com destaque para bens não duráveis e serviços em geral.

Os pedidos de bens duráveis subiram 2,5% em novembro frente a outubro. No entanto, os pedidos de bens de capital, como máquinas e equipamentos, diminuíram 0,1%. Os índices seguem elevados e estão bem acima do nível pré-pandemia.

O mercado imobiliário segue aquecido. As vendas de casas usadas aceleraram em 1,9% em novembro frente ao mês anterior, segundo informou a Associação Nacional de Corretores. Os preços continuam elevados e os estoques baixos.

A confiança do consumidor (Conference Board) cresceu 3,9 pontos em dezembro, alcançando 115,8. Os indicadores de expectativa de renda e de emprego que compõem o índice subiram, sugerindo otimismo quanto ao mercado de trabalho. As expectativas de inflação de 1 ano contraíram de 7,3% para 6,9%.

O pacote de infraestrutura social, conhecido por Build Back Better, com foco em saúde, educação e mudança climática, não será mais votado este ano devido à falta de consenso no Senado. Negociações prosseguem e o líder da maioria no Senado comunicou que pretende colocar a legislação em votação em janeiro. O valor estimado do pacote é de US$ 1,75 trilhão.

O número de casos da variante ômicron vem subindo no país. Por ora, as hospitalizações seguem moderadas. Entretanto, Anthony Fauci, principal autoridade de saúde no país, alertou para um possível aumento de internações em razão da maior velocidade de disseminação da variante ômicron.

Zona do Euro: aumento de casos de covid-19 eleva restrições

O número de casos de covid-19 associados à variante ômicron cresceu na região e alguns países já anunciaram aumento de restrições, tais como como distanciamento social, trabalho remoto e cancelamento de eventos. Por enquanto, hospitalizações seguem moderadas e países têm acelerado a dose de reforço.

A confiança do consumidor diminuiu 1,5 ponto para -8,3 em dezembro, conforme esperado. A queda é a terceira consecutiva, mas o índice permanece acima da média de longo prazo e apenas um pouco abaixo do nível pré-pandemia. Mais detalhes da pesquisa só serão divulgados em janeiro mas o aumento de casos de covid-19 e restrições à mobilidade na região devem ter contribuído para a queda recente.

O preço do gás natural continua elevado e com alta volatilidade. Entre os motivos estão: as tensões entre Rússia e Ucrânia, os fluxos baixos enviados pela Rússia –maior fornecedor de gás à região –, a menor produção de energias alternativas, como eólica e nuclear, e o aumento de consumo de energia em razão de temperaturas mais baixas. Estoques de gás natural seguem em níveis baixos para o início do inverno.

China: Banco Central sinaliza alívio de política monetária

O banco central chinês (PBoC na sigla em inglês) reduziu em 5 pontos-base a taxa de juros de 1 ano para 3,8%, sendo este o primeiro corte desde abril de 2020. A medida – mais uma ação no sentido de reduzir custos de financiamento para empresas – ocorreu logo após o banco ter diminuído em 50 pontos-base o compulsório bancário. No entanto, a taxa de juros de 5 anos, referência para empréstimos de hipoteca, não foi alterada, permanecendo em 4,65% ao ano.

O país mantém a política de tolerância zero contra covid-19. O aumento de casos está concentrado na província de Shaanxi, cuja cidade mais afetada entrou em lockdown após a identificação de aproximadamente 200 casos entre seus 13 milhões de habitantes.

BRASIL

Pesquisa Focus: expectativas de inflação menores para 2023

A projeção para o IPCA se manteve estável em 2021 (de 10,05% para 10,04%) e 2022 (de 5,02% para 5,03%) e apresentou retração de 3,46% para 3,4% em 2023. Já os números esperados para o PIB registraram queda em 2021 (de 4,65% para 4,58%) e permaneceram estáveis para 2022 (0,5%). A taxa Selic segue em 11,5% para o ano que vem e em 8% para 2023.

Fiscal: Congresso encerra atividades com a aprovação do Orçamento

O Orçamento Geral da União de 2022 foi aprovado pelo Congresso Nacional nesta terça (21). Em relação às premissas macroeconômicas utilizadas, destacam-se o crescimento do PIB de 2,5% – acima das projeções de 0,5% registradas no último Boletim Focus, divulgado em 17 de dezembro – e o IPCA de 4,7%.

A arrecadação federal no mês passado foi de R$ 157,3 bilhões, em linha com o esperado pelo mercado. A receita do governo segue forte – acumula alta real de 18,13% de janeiro a novembro em comparação com o mesmo período de 2020.

Setor Externo: conta corrente negativa, investimento direto positivo

A conta corrente registrou déficit de US$ 6,5 bilhões no mês de novembro. Considerando o dado com nosso ajuste sazonal, houve déficit de US$ 5,1 bilhões. O saldo foi negativo tanto na balança comercial quanto em serviços e rendas. No acumulado em 12 meses, transações correntes acumulam déficit de 1,9% do PIB. O Investimento Estrangeiro Direto veio em US$ 4,6 bilhões, acima do consenso de US$ 3,2 bilhões. Em 12 meses, o acumulado está em 3,2% do PIB.

Inflação: pressionada, mas menor que o esperado

O IPCA-15 de dezembro veio abaixo das expectativas de mercado, registrando alta de 0,78%. A surpresa foi, mais uma vez, a queda em produtos de higiene pessoal como perfumes e maquiagem. A inflação segue elevada e acumula alta de 10,42% na variação em 12 meses. Apesar do alto desemprego, vemos os preços dos serviços pressionados em função da alta inflação corrente, que afeta os preços via inércia inflacionária. Os bens industriais devem seguir pressionados – o núcleo do IPA industrial segue alto no curto prazo.

Equipe Econômica C6 Bank

Felipe Salles – Head
Claudia Moreno – Head Brasil
Claudia Rodrigues – Head Internacional
Felipe Mecchi – Internacional
Heliezer Jacob – Brasil

Este relatório foi preparado pelo Banco C6 S.A.
Os números contidos nos gráficos de desempenho referem-se ao passado; o desempenho passado não é garantia de resultados futuros.

Cada analista de Macro Research é o principal responsável pelo conteúdo deste relatório e atesta que:
(i) todas as opiniões expressas refletem com precisão suas opiniões pessoais e eventual recomendação foi elaborada de forma independente, inclusive em relação ao Banco C6 S.A. e / ou suas afiliadas;
(ii) nenhuma parte de sua remuneração foi, está ou estará, direta ou indiretamente, relacionada a quaisquer recomendações específicas realizadas pelo analista.
Parte da remuneração do analista vem dos lucros do Banco C6 S.A. e / ou de suas afiliadas e, consequentemente, as receitas decorrem de transações mantidas pelo Banco C6 S.A. e / ou suas coligadas.
Este relatório foi preparado pelo Banco C6 S.A., uma instituição regulada por autoridades brasileiras.
O Banco C6 S.A. é responsável pela distribuição deste relatório no Brasil.