Guia do Investidor

Como calcular a rentabilidade do CDB sobre o CDI?

O cálculo da rentabilidade do CDB é um conhecimento importante para quem quer se especializar em investimentos


Neste artigo, vamos ensinar passo a passo como calcular a rentabilidade do CDB. Confira!

É bem provável que você já tenha escutado, em algum momento da sua trajetória no mercado financeiro, frases como “invista em CDB pós-fixado com rentabilidade de 102% do CDI”. Mas você realmente sabe como calcular a rentabilidade do CDB sobre o CDI? Confira abaixo:

Relacionadas:

Como funciona o rendimento do CDB sobre o CDI?

Uma das dúvidas mais comuns de quem começa a investir em CDB é não saber quanto vai receber na hora do resgate. Vamos a um exemplo clássico: é comum, entre investidores iniciantes, achar que um CDB com rentabilidade de 102% do CDI vai transformar R$ 1.000 em R$ 2.020 reais no final. Certamente seria muito bom, mas esse não é o caso.

Veja bem: não são 102% de juros, e sim 102% de uma ­taxa de juros, chamada CDI. Para saber quanto vale esse CDB de verdade, você vai precisar analisar muitas coisas.

Primeiro: todo CDB pós-fixado tem um indexador, como por exemplo o CDI. Já explicamos melhor o que significam CDI e outros termos muito usados nesse meio em outro post, mas para refrescar a memória: CDI é a taxa média dos empréstimos entre instituições financeiras.
Ou seja: quando falamos em 102% do CDI, isso significa que você vai receber 100% dessa taxa de juros praticada entre os bancos, e um pouquinho a mais – nesse caso, 2%.

O segundo ponto a ser lembrado é que, além de entender como a remuneração CDB é calculada a partir do indexador, você também precisa levar em consideração os impostos.

No CDB, existe a cobrança de IOF e Imposto de Renda. O IOF só é cobrado se você resgatar o dinheiro nos primeiros 30 dias. Ou seja: se investir em CDB, evite resgatar antes de 30 dias para não precisar pagar esse imposto. Já do IR, não tem escapatória: ele é retido na fonte na hora do resgate, sob uma alíquota que regride baseada no tempo de investimento. Confira na tabela:

Tempo de investimentoAlíquota
Entre 0 e 180 dias22,5%
Entre 181 e 360 dias20%
Entre 361 e 720 dias17,5%
Acima de 721 dias15%

Vale lembrar que ambos os impostos incidem somente sobre os rendimentos, nunca sobre o valor total que você investiu.

Agora que você já entendeu como funcionam o pós-fixado e os impostos, é hora de ir para os cálculos!

Calcular rentabilidade CDB

Para ilustrar esse cálculo, usaremos os mesmos valores citados anteriormente no texto: investimento de R$ 1.000 com rentabilidade de 102% do CDI. Vale mencionar que a ideia aqui não é que você fique fazendo a conta toda vez. É mais para que você tenha uma noção de quanto seu investimento pode render na prática. Preparado?

A primeira coisa que você precisa saber é quanto é o CDI. Ele não é uma taxa fixa, depende do cenário econômico e varia ao longo do tempo.

Para consultar o valor do CDI, basta entrar no site da B3 e verificar na parte inicial do mesmo. Para esses cálculos, vamos considerar que o CDI será, na média, 10% ao ano.

Ou seja: a rentabilidade de 102% do CDI para um CDI de 10% ao ano vai resultar em cerca de 10,21% ao ano. Com esse valor, é possível usar a fórmula de juros compostos. Considere n como prazo e i como a taxa de juros:

Valor Futuro (VF) = Valor Presente (VP) × (1 + i)n

Aplicando os valores do nosso exemplo, temos que:

VF = 1000 × (1 + 0,1021)1 = 1.102,10

Nesse caso, n = 1 porque estamos falando de 10,21% ao ano. Em todo caso, com esse resultado torna-se possível calcular rentabilidade do CDB. Veja bem:

Rendimento = 1.102,10 – 1.000 = 102,10

Em cima desses R$ 102,10, vamos calcular o Imposto de Renda. Como neste exemplo o investimento já tem 1 ano, a alíquota é de 17,5%. Ou seja:

IR = 102,10 × 17,5% = 17,87

Esse é o valor que vai ser descontado na fonte, no vencimento daqui a 1 ano. Por fim, isso significa que, neste exemplo, você receberia, de forma líquida, o valor futuro de R$ 1.102,10 menos R$ 17,87, tal que:

Líq. = 1.102,10 – 17,87 = 1.084,23

Esse é o valor que vai entrar na sua conta nesse CDB por 1 ano, a 102% do CDI, estimando, na média, 10% ao ano de CDI. E aí, achou o cálculo da rentabilidade do CDB complicado?

Vamos dar mais um exemplo para ficar o mais claro possível, utilizando os mesmos valores, mas desta vez com um prazo de 2 anos.

VF = 1.000 × (1 +  0,1021)2 = 1.214,62

Este é o valor bruto. Agora, descontando o valor inicial para sabermos o rendimento e podermos calcular o valor que será taxado pelo Imposto de Renda:

Rendimento = 1.214,62 – 1.000 = 214,62

IR = 214,62 × 15% = 32,19

Lembrando, como sempre, que a alíquota muda de acordo com o prazo. Como neste exemplo o prazo é de 2 anos, a alíquota é de 15%. Por fim, o valor líquido:

Líq. = 1214,62 – 32,19 = 1.182,43

Entendendo melhor como calcular CDB rentabilidade depois da primeira vez? E outra coisa: dá para perceber como o tempo melhora a rentabilidade do seu CDB? Só deixando seu dinheiro lá, sem fazer nada, por mais 1 ano apenas, renderia quase R$ 100 a mais.

É isso! Se você quiser continuar a se aperfeiçoar na arte de como calcular rentabilidade do CDB, sinta-se convidado a abrir o app do C6 Bank, escolher um dos CDBs pós-fixados e estimar os rendimentos, utilizando os valores que usamos nesses exemplos.

Ainda não está usando o C6 Bank? Baixe o app, abra sua conta digital gratuita, peça seu cartão sem anuidade com a cor que quiser e aproveite um banco completo com tudo em um só app.

Leia também: CDBs do C6 Bank: saiba como investir pela 1ª vez