Guia do Investidor

Como é calculado o Ibovespa?

O cálculo do Ibovespa é feito em tempo real, apresentando oscilação a todo momento


Mulher vestida de branco pesquisando no tablet como é calculado o Ibovespa

Já falamos anteriormente aqui no blog sobre o que é o Ibovespa. Mas você sabe como é calculado o Ibovespa?

Neste post, vamos nos aprofundar um pouco mais no processo que rege o funcionamento deste índice. Saiba mais informações a seguir.

Relacionadas:

O que é o Ibovespa?

O nome significa Índice da Bolsa de Valores de São Paulo. Trata-se de um indicador de referência, utilizado na análise do desempenho das ações negociadas na B3, a bolsa de valores brasileira. Se baseia no desempenho de uma carteira teórica de ativos, e atualmente conta com 92 ações, que podem ser consultadas na Carteira do Dia.

Ele reúne as empresas mais importantes do mercado nacional, e corresponde a cerca de 80% do volume financeiro e de negócios do nosso mercado de capitais. Todas as ações e units de ações que integram o Ibovespa devem atender a alguns requisitos. São eles:

  • Fazer parte dos ativos elegíveis que representem, em ordem decrescente, 85% do Índice de Negociabilidade
  • Ter presença em pregão de 95% no último ano 
  • Ter pelo menos 0,1% do volume financeiro no mercado à vista
  • Não ser penny stock, que são ações que possuem cotações abaixo de R$ 1

Em síntese, o Ibovespa age como um termômetro do mercado brasileiro de ações, permitindo aos investidores ter uma noção de como estão a economia, as empresas e quais ações valem a pena negociar.

Como é calculado o Ibovespa?

O Ibovespa é calculado pela própria B3, em tempo real. O cálculo é feito com base nos preços das últimas transações realizadas no mercado acionário, com as ações que compõem a carteira teórica da B3.

É bastante intuitivo: cada ponto do Ibovespa corresponde a R$ 1. Isso significa que, se você viu uma notícia de que o Ibovespa fechou a semana com 112.104,15 pontos, é sinônimo de que a carteira teórica da B3 estava valendo R$ 112.104,15 no momento da cotação.

As oscilações do índice, portanto, acontecem a partir da valorização ou desvalorização das ações que o compõem, e é essa oscilação o indicador dos preços de ações e do desempenho da bolsa.

C6 Invest: uma ajuda para entender ainda mais o Ibovespa

O C6 Invest é a plataforma de investimentos do C6 Bank. Nela, você pode escolher os produtos nos quais quer investir, sejam eles CDBs, criptomoedas ou até mercados futuros, entre muitas outras categorias.

Lá, também é possível comprar ações, ordinárias ou preferenciais. Ao selecionar uma, você poderá ver o último valor negociado e a variação do dia, onde entra o Ibovespa. Se decidir pela compra, pode enviar sua ordem de compra para a B3.

Assim, quando algum vendedor topar vender suas ações pelas condições que você propôs, a ordem será executada e a ação entra para a sua carteira, tudo por meio do próprio C6 Invest. Confira nosso aplicativo para mais informações!

Ainda não está usando o C6 Bank? Baixe o app, abra sua conta digital gratuita, peça seu cartão sem anuidade com a cor que quiser e aproveite um banco completo com tudo em um só app.

Leia também: Vale a pena investir no C6 Bank?