Guia do Investidor

Como montar sua carteira de investimentos do zero

O primeiro passo é conhecer as classes de ativos disponíveis no mercado financeiro


Foto da tela de um celular com o aplicativo do C6 Bank aberto na parte de C6 Invest

Antes de começar a investir, é preciso fazer a lição de casa e aprender sobre as classes de ativos disponíveis no mercado financeiro.

As classes de ativos são grupos de investimentos que são separados de acordo com suas semelhanças. Alguns exemplos são renda fixa, ações, ativos imobiliários e moedas.

A renda fixa inclui investimentos que têm sua regra de rentabilidade estabelecida no momento da contratação, como poupança, CDBs, LCIs e títulos públicos federais.

Já a renda variável inclui ativos cujo retorno não é predefinido no momento do investimento e que variam de acordo com os movimentos de mercado.

Alguns exemplos de produtos que entram nesta classe são ações, BDRs, fundos imobiliários, fundos de índices (ETFs), fundos de ações e contratos futuros.

Relacionadas:

Aprendi as classes de ativos, e agora?

É a hora de decidir quanto de renda fixa e quanto de renda variável você terá na sua carteira. Para isso é fundamental entender seu perfil investidor e o momento do ciclo econômico.

E se investir for difícil demais para mim?

É só usar o C6 TechInvest, a assessoria de investimentos do App do C6 Bank. Com ele você identifica seu perfil investidor, monta carteiras personalizadas e diversificadas do jeito certo, em poucos toques, de acordo com seus objetivos.

Leia também: Onde realizar saques em dinheiro da conta do C6 Bank?