Seu Bolso

Como se cadastrar no Auxílio Brasil?

Antigo Bolsa Família, o Auxílio Brasil ajuda famílias de baixa renda através da transferência de renda direta e indireta


Recorte de família composta por pai, mãe e dois filhos, animados por saberem como se cadastrar no Auxílio Brasil

O Auxílio Brasil é um programa desenvolvido pelo Governo Federal para ajudar famílias em situação de pobreza e extrema pobreza, por meio de transferência de renda direta e indireta. Mas você sabe como se cadastrar no Auxílio Brasil?

Neste post, vamos falar um pouco sobre esse programa, além de te ensinar de maneira simples como se cadastrar nele. Confira mais informações a seguir.

Relacionadas:

O que é o Auxílio Brasil?

Como mencionado na introdução, o Auxílio Brasil, instituído pela Lei n° 14.284/21 pretende dar assistência a famílias de baixa renda por meio de renda básica e da simplificação da cesta de benefícios. Para isso, o programa, conhecido anteriormente como Bolsa Família, integra diversas políticas públicas de assistência e inclusão social em sua plataforma.

Por meio do Auxílio Brasil, o governo busca estimular a autonomia dessas famílias, de forma que consigam superar situações de vulnerabilidade social. Vale notar: são consideradas como em situação de pobreza as famílias com renda familiar mensal per capita entre R$ 105,01 e R$ 210. Em situação de extrema pobreza, as famílias com renda per capita mensal igual ou inferior a R$ 105,00.

Os benefícios do programa podem ser recebidos por Poupança, Conta Corrente, Conta Especial e Conta Contábil

Não tem Conta Corrente?

O C6 Bank também pode te ajudar nisso. Nossa conta corrente é totalmente gratuita, sem tarifas, e te permite fazer transferências e saques gratuitos, portabilidade de salário, débito automático, depósitos via boleto e cartão de crédito. Para contas PJ, o PIX também é ilimitado e gratuito.

Quais os benefícios do Auxílio Brasil?

A cesta de benefícios do programa inclui cinco auxílios, que vêm na forma de recompensas monetárias para pessoas que se enquadrem em algum dos casos a seguir:

  1. Bolsa Iniciação Científica Júnior: concedido a estudantes que fazem parte do Auxílio Brasil e que tenham se destacado em competições acadêmicas e científicas nacionais. Consiste em 12 parcelas mensais de R$ 100 para o estudante e uma parcela única de R$ 1.000 por família.
  2. Auxílio Esporte Escolar: concedido a estudantes de 12 a 17 anos que se destaquem nos Jogos Escolares Brasileiros. Mesmos valores da Bolsa Iniciação Científica Júnior.
  3. Auxílio Inclusão Produtiva Rural: benefício pago em parcelas mensais de R$ 200 para famílias que possuam agricultores familiares. Somente um auxílio por família.
  4. Auxílio Inclusão Produtiva Urbana: benefício de mesmo valor que o anterior, pago a usuários do Auxílio Brasil que comprovem emprego de carteira assinada. Também somente um por família.
  5. Benefício Compensatório de Transição: concedido a famílias que tiveram perdas financeiras na transição entre o Bolsa Família e o Auxílio Brasil. Não há valor fixo; é possível consultar mais sobre ele no site do governo.

Como se cadastrar no Auxílio Brasil?

O Auxílio Brasil não possui um processo de inscrição propriamente dito. Isso porque a seleção dos beneficiários é feita a partir da base de dados do CadÚnico, este sim exigindo cadastro.

Saiba como se cadastrar no CadÚnico.

Também é possível fazer o pré-cadastro por meio do aplicativo do CadÚnico. Porém, ainda será necessário comparecer a um Posto de Atendimento do Cadastro Único para apresentar os documentos obrigatórios.

Se você já está cadastrado, é possível usar o aplicativo do próprio Auxílio Brasil para consultar informações sobre o benefício, como saldo e pagamento de parcelas.

Ainda não está usando o C6 Bank? Baixe o app, abra sua conta digital gratuita, peça seu cartão sem anuidade com a cor que quiser e aproveite um banco completo com tudo em um só app.

Leia também: Empréstimo Saque-Aniversário do FGTS: quais as vantagens?