Seu Bolso

Como se cadastrar no CadÚnico?

Existem diversas maneiras de fornecer seus dados para o cadastro no CadÚnico


Duas mãos em formato de concha, envolvendo a figura de uma família de quatro pessoas, um porco de cofrinho e algumas moedas, remetendo ao CadÚnico

O Cadastro Único é um registro que permite ao governo saber quem são e como vivem as famílias de baixa renda no Brasil. Ele auxilia na implementação de políticas públicas para melhorar a vida dessas pessoas. Mas você sabe como se cadastrar no CadÚnico?

Neste post, vamos explicar passo a passo como realizar a inscrição no registro. Confira a seguir.

Relacionadas:

Como se cadastrar no CadÚnico?

Ao se inscrever no CadÚnico, você pode tentar participar de vários programas sociais. Alguns exemplos são o Programa Auxílio Brasil, o Programa Tarifa Social de Energia Elétrica, o ID Jovem, o Casa Verde e Amarela e o Bolsa Verde.

Periodicamente, os municípios promovem visitas domiciliares às famílias de baixa renda para fazer o cadastramento. Baixa renda, neste caso, são famílias que ganham até meio salário mínimo por pessoa ou têm renda acima de meio salário mínimo, mas estão vinculadas ou querendo algum programa ou benefício que utilize o Cadastro Único.

No entanto, para as famílias que se encaixam neste perfil, também é possível procurar um CRAS (Centro de Referência em Assistência Social) para fazer o cadastro.

Existem alguns pré-requisitos:

  • Ter um responsável pela família para responder às perguntas. Essa pessoa deve ser parte da família, morar na mesma casa e ter pelo menos 16 anos.
  • Para tal responsável, é necessário CPF ou Título de Eleitor.
  • Apresentar pelo menos um dos seguintes documentos, de todas as pessoas da família:
    • Certidão de Nascimento
    • Certidão de Casamento
    • CPF
    • Carteira de Identidade (RG)
    • Certidão Administrativa de Nascimento do Indígena
    • Carteira de Trabalho
    • Título de Eleitor

Aplicativo do CadÚnico

Em março de 2022 foi criada uma outra alternativa para pré-cadastro no sistema: o aplicativo do CadÚnico.

Nele, o cidadão pode informar dados importantes para o cadastro de maneira prévia. Depois, tem até 120 dias para comparecer a um Posto de Atendimento do Cadastro Único para apresentar os documentos obrigatórios e resolver quaisquer problemas relativos à falta de informações.

Para saber onde há Postos de Atendimento do Cadastro Único da sua cidade, você pode encontrar o CRAS mais próximo clicando aqui, ou pelo aplicativo.

Vale notar: ter o CadÚnico não permite que você acesse qualquer programa do governo. Cada programa tem uma exigência diferente, mas o primeiro passo é ter sempre seu cadastro atualizado.

Ainda não está usando o C6 Bank? Baixe o app, abra sua conta digital gratuita, peça seu cartão sem anuidade com a cor que quiser e aproveite um banco completo com tudo em um só app.

Leia também: Como faço para contratar o Empréstimo FGTS do C6 Bank?