Economia
Novidades

Como ter uma renda passiva de R$ 1,2 mil por mês investindo pelo C6 Bank

Disponíveis na plataforma de investimentos do C6 Bank, fundos imobiliários pagam dividendos que podem se transformar em renda passiva para o investidor


Foto da tela de um celular com o aplicativo do C6 Bank aberto na parte de C6 Invest

As opções de investimento se tornaram mais acessíveis nos últimos anos. Dessa forma, a vida de quem quer, por exemplo, obter uma renda extra investindo ficou mais fácil. No C6 Bank, banco com uma das plataformas de investimento mais completas do mercado, uma das opções disponíveis para alcançar esse objetivo são os fundos imobiliários. Esses ativos de renda variável são negociados na bolsa de valores e sofrem oscilação de preço, assim como as ações, além de renderem dividendos.

“Simplificando bastante, é como se o investidor que compra uma cota de um fundo imobiliário estivesse comprando um pedacinho de um ou de vários imóveis”, explica o head de educação financeira do C6 Bank, professor Liao Yu Chieh. “Dessa forma, o investidor pode eventualmente ver aquele imóvel se valorizar e ainda ganhar uma parte do aluguel que é cobrado de quem de fato utiliza o espaço.

Na série de vídeos “E agora, Prof.?”, disponível no canal do YouTube do C6 Bank, Liao explica como é possível obter uma renda passiva de R$ 1.200 todo mês pelo resto da vida investindo com sabedoria e disciplina nos fundos imobiliários.

“Imagine que você invista R$ 1 mil por mês em um fundo imobiliário que rende 0,8% ao mês de dividendos. No primeiro mês, você teria um rendimento de R$ 8. No segundo mês, investindo mais R$ 1 mil, você receberia R$ 16. No terceiro mês, investindo mais R$ 1 mil, você receberia R$ 24. Dessa forma, em 12 anos e seis meses, você teria investido R$ 150 mil, o que renderia R$ 1.200 por mês sem precisar mais colocar a mão no bolso”, afirma Liao.

Mas caso o investidor não queira esperar 12 anos e meio para obter o rendimento de R$ 1.200 mensais, é possível encurtar esse prazo reinvestindo o valor dos dividendos e, portanto, usando a seu favor o efeito “bola de neve”.

“Reinvestindo o rendimento obtido na nossa hipótese acima junto com os aportes mensais de R$ 1 mil, no primeiro mês você teria os mesmos R$ 8 de rendimento. Mas, no segundo mês, teria R$ 16,06. No terceiro, R$ 24,19 e assim sucessivamente… Fazendo isso, mês após mês, você juntaria R$ 150 mil em 99 meses, ou pouco mais de 8 anos. Essa diferença de tempo é resultado do efeito ‘bola de neve’, quando o rendimento se torna exponencial”, afirma Liao.

Para investir em fundos imobiliários no aplicativo do C6 Bank, basta acessar o C6 Invest, tocar em “Renda Variável” e, na sequência, digitar o código do Fundo Imobiliário que deseja investir.

Plataforma completa

A plataforma de investimentos do C6 Bank oferece produtos para todos os perfis de investidor, desde aqueles que estão em fase de aprendizado até os mais experientes. Além dos fundos imobiliários, há CDBs e mais de 200 fundos de investimento, incluindo uma série de opções em renda fixa com liquidez em D+1 (resgate em 1 dia útil). Também é possível investir em previdência privada e comprar e vender ações na plataforma.

No ano passado, o banco também lançou o C6 TechInvest, serviço que usa tecnologia para ajudar o cliente a diversificar seus investimentos com ativos do Brasil e do exterior. Com R$ 1 mil, o cliente pode criar uma carteira composta por Ibovespa, S&P 500, Nasdaq 100, Tesouro americano, papéis atrelados à inflação do Brasil e juros prefixados, além de prata e ouro.

Clientes do C6 Bank também podem investir diretamente no exterior por meio da Conta Global de Investimentos, que dá acesso a mutual funds e hedge funds de gestoras consagradas. Tudo isso no mesmo app em que o cliente utiliza a conta corrente, faz Pix, paga boletos e muito mais.