Seu Bolso

Confira 10 dicas para usar as redes sociais da sua empresa e vender mais

Dezenas de milhões de brasileiros usam ativamente as redes sociais. Veja como sua empresa pode se beneficiar desses canais


As redes sociais ocupam cada vez mais importância na vida das pessoas. No Brasil, cerca de 60% utilizam esses canais digitais de forma ativa. Além de interações sociais, dezenas de milhões de brasileiros estão diariamente nas redes em busca de produtos e serviços.

Em resumo, se o seu negócio não está nas redes sociais, você abre mão de potenciais clientes todos os dias.

Abaixo, separamos 10 dicas de como usar as redes sociais para impulsionar a sua empresa. E no final tem uma dica bônus para o seu negócio.

1- Conheça as redes sociais

O primeiro passo é conhecer cada uma das redes sociais. Elas possuem dinâmicas e características próprias. É importante que você entenda qual conteúdo funciona melhor para o seu público-alvo em cada rede social.

O Tik Tok, por exemplo, é a rede social que mais tem crescido no Brasil. O formato de vídeos rápidos e divertidos engaja as pessoas e pode ser usado para divulgar os seus produtos ou serviços. Mas é importante respeitar a linguagem da comunidade. Vídeos tediosos de venda podem ser decepcionantes para quem produz e para quem assiste.

O LinkedIn tem uma abordagem mais profissional. O Facebook é mais flexível em relação a formatos. O Youtube pode garantir mais acessos orgânicos, dependendo do tema do vídeo.

Portanto, o primeiro passo antes de produzir conteúdo para uma rede social é ser consumidor dos conteúdos dessa rede. Interaja, engaje e aprenda com o uso. Não basta o conteúdo ser bom, ele precisa ser o conteúdo certo na rede social certa.

2- Defina o seu público-alvo

Há infinitas possibilidades nas redes sociais, e atender públicos muito diversos pode ser desafiador para empresas pequenas e médias. A sugestão é que você defina o seu público-alvo (gênero, idade, localização e renda média) e entenda em qual rede social essas pessoas estão, e de que forma elas se relacionam nessa rede.

Aqui, de novo, vale ligar o radar e caprichar na observação. Desta forma, aumentam as suas chances de acertar nos posts e apresentar produtos e soluções mais úteis para seus potenciais clientes.

3- Qualidade é melhor do que quantidade

Redes sociais são úteis como canal de venda, mas consomem tempo e exigem a atenção do empreendedor. Cresça aos poucos. Privilegie a qualidade sobre a quantidade. Foque nas redes com maior potencial de retorno para o seu negócio e capriche nos posts — para muitas pessoas, eles serão o cartão de visitas da sua empresa, o primeiro contato delas com os produtos e serviços que você tem a oferecer.

4- Produza conteúdo relevante

Antes de produzir qualquer conteúdo, se pergunte: por que isso é importante para o meu público? Coloque-se no lugar do seu cliente e pense no que ele quer saber da sua empresa e do nicho que você atua.  

Se você tem uma loja de roupas, por que não dar dicas de como combinar cores e quais são as últimas tendências? É uma boa oportunidade de mostrar seus produtos e ainda levar informação relevante para quem consome.

Abuse das imagens. Fotos, gifs, memes, gráficos e vídeos têm muito mais engajamento do que textos.

5- Planeje as publicações

Assim como qualquer outra atividade da sua empresa, o uso das redes sociais requer planejamento. Defina suas metas e crie um calendário de publicações.

Pense em datas comemorativas, períodos de promoção e outros conteúdos que sejam interessantes. Faça uma programação, defina a frequência que deseja publicar e agende o seu conteúdo, desta forma a sua página não ficará desatualizada mesmo nos dias mais corridos. Existem várias ferramentas gratuitas que oferecem esse recurso.

6- Crie conexão com o seu público

Não basta fazer diversas publicações nas redes sociais e não interagir com o seu público. É necessário criar um relacionamento com o seu cliente. Responda, curta os comentários, reposte publicações em que a empresa foi marcada.

Outra forma de criar identificação do público com a sua empresa é mostrar atividades cotidianas, como a área de produção ou algum momento de descontração da equipe.

7-Surfe na onda do momento

Fique atento aos chamados ´virais’. Pode ser um meme novo, uma música que bombou ou uma dança que todo mundo está fazendo. Avalie se entrar nessa onda é interessante para a imagem do seu negócio.

Quando bem utilizados, esses conteúdos podem gerar engajamento e, consequentemente, mais potenciais clientes.

8- Mantenha as informações atualizadas

Não se esqueça de atualizar sempre suas redes sociais com informações importantes, como telefone, endereço, dias e horários de atendimento e outras informações que julgar necessário. É básico, mas muitos empreendedores negligenciam esses dados.

9- Se inspire em outras marcas

Não há problema em usar como inspiração as estratégias de sucesso de outras marcas. Veja as redes sociais de empresas bem-sucedidas e use-as como inspiração. E lembre-se: inspiração não é copiar.

10- Monitore os resultados

É fundamental que você teste e avalie a sua estratégia. Análise dados como número de cliques por postagem, curtidas, visualizações, horário de publicação, conteúdo, número de visitas. Depois, faça os ajustes necessários com base nos resultados para melhorar o desempenho cada vez mais.

Dica extra

Em um cenário econômico adverso, cresce a importância do controle de custos de uma empresa.

No C6 Bank, as empresas podem fazer até 100 TEDs por mês e 100 depósitos por boleto por mês sem custo. As transferências por Pix são grátis.

Outro diferencial do C6 Bank para o cliente PJ é a maquininha C6 Pay. Para ter uma maquininha sem custo, basta atingir um valor mínimo de vendas por mês, que varia de acordo com cada modelo de maquininha, e receber as vendas por uma conta do C6 Bank.

Crédito é um tema essencial para o crescimento da empresa. O C6 Bank oferece empréstimo para micro, pequenas e médias empresas com praticidade e tudo em um só app. Além disso, clientes PJ contam com Capital de Giro — o dinheiro cai na conta em até um dia útil e a empresa tem 60 dias para começar a pagar — e Limite da Conta para uso emergencial e temporário.

O C6 Bank também disponibiliza o cartão C6 Business, o cartão de crédito PJ sem anuidade. E se precisar de mais limite, basta investir no CDB Cartão de Crédito. Todo valor aplicado é automaticamente convertido em mais limite para o seu cartão.

Para conhecer todas as vantagens da Conta PJ do C6 Bank, visite o nosso site em www.c6bank.com.br/conta-pj.