Novidades

Conheça a sede do C6 Bank

Nossa nova casa tem espaços de interação que celebram a troca de experiências, a criatividade e a ousadia


Foto da fachada do prédio do C6 Bank durante a noite com time lapse de carros passando na avenida em frente com luzes amarelas

O C6 Bank acaba de se mudar para sua nova sede, no bairro dos Jardins, em São Paulo. São quase 8.000 metros quadrados dedicados aos times do banco, em um espaço que transmite inovação, bom humor, liberdade e responsabilidade, alguns dos principais valores da empresa.

A sede, assinada pelo escritório de arquitetura Perkins + Will, tem bicicletário, vestiário, terraço, áreas de descompressão, auditório e outros espaços de convivência para estimular a interação e a troca de experiência entre as equipes de todas as áreas do conhecimento.

Foto da área de descompressão do prédio do C6 Bank. Em primeiro plano, é possível ver um homem sentado com pernas cruzadas, em uma almofada colocada no primeiro de três degraus de uma arquibancada de madeira. Em segundo plano, podemos ver três pessoas, sentados em pufs coloridos, uns cinzas, outro amarelos, enquanto jogam videogame em uma televisão grande, com as laterais curvas. Ao fundo, ainda é possível identificar duas máquinas de pinball. O carpete no chão é composto por formato hexagonais em tons de cinza e preto.
Foto da área de descompressão do prédio do C6 Bank. Em primeiro plano, um homem está inclinado na mesa de sinuca com um taco na mão. À esquerda, é possível ver a porta de três elevadores que dão acesso ao andar. À direita, vemos do primeiro plano até o fundo da imagem, uma série de mesas e cadeiras, algumas com pessoas sentadas tomando café. Ao fundo da imagem, vemos um grafite pintado na parede representando o "bom humor", um dos valores do banco.
Foto da parte externa da área de descompressão no oitavo andar do prédio do banco. Quatro pessoas, sendo duas de cada lado, estão ao redor de uma mesa de pingue pongue preta, com redinha e bases amarelas. Ao fundo, podemos ver algumas mesas e cadeiras, alinhadas a um pequeno jardim na extremidade do prédio. Atrás dele, um skyline de prédio de São Paulo, de baixo de um céu azul com algumas poucas nuvens brancas.

A distribuição de cafeterias pelo prédio, por exemplo, estimula os colaboradores a circular entre os andares e a encontrar pessoas que têm outras especialidades.

A forma hexagonal também está presente no escritório, já que simboliza os processos permanentes de transformação e troca. O hexágono também é o formato da molécula de carbono, elemento flexível e indispensável para a vida humana. É o número atômico do carbono que inspirou o nome C6 Bank.

Foto de um ambiente interno do C6 Bank, que mostra uma longa mesa de madeira para refeições, com cadeiras altas colocadas dos dois lados, uma luminária moderna com luzes amarelas e uma grande estrutura em formato hexagonal, com dois bancos e uma mesa dentro. Na foto também é possível identificar uma mulher ao centro da foto, mas em segundo plano.
Foto de uma sala de reunião pequena no prédio do C6 Bank. Através das paredes de vidro, é possível ver um homem e uma mulher sentados em cadeiras de escritório, conversando. O carpete e a parede são cinzas. Ao fundo, é possível ver uma segunda sala de reunião, com uma janela em formato oval e um bancada com telefone.

A flexibilidade é outra marca do escritório. É possível deslocar mesas e cadeiras para personalizar os espaços e, nas salas de reunião, todas as mesas são redondas ou ovais, sem cabeceira, já que não queremos transmitir a ideia de hierarquia rígida entre nossos colaboradores.

O layout do escritório é dinâmico. Pensamos em áreas modulares que podem se transformar em espaços de trabalho para seis, três ou duas pessoas. Posso escolher trabalhar um dia aqui e, em outro, acolá, dependendo da função que estou desempenhando”, afirma Fernando Vidal, sócio-diretor da Perkins+Will.

Foto de uma das salas de reunião do C6 Bank, onde se pode ver uma mesa circular no centro da sala e duas mulheres sentadas ao redor dela. As paredes da sala são de vidro, então também e possível ver uma escada com os degraus iluminados ao lado e uma varanda do prédio ao fundo.
Foto de uma sala de reunião do prédio do C6 Bank. A sala tem paredes de vidro e, através dela, podemos ver uma mesa oval, cercada de pessoas sentadas em cadeiras de escritório ao redor, e uma televisão na parede. O carpete tem formatos hexagonais em diferentes tons de cinza e a iluminação no teto é indireta.
Foto de uma varanda do prédio do C6 Bank, onde é possível ver duas mulheres sentadas em pufs coloridos, alguns amarelos, outros cinzas. As janelas da varanda são totalmente de virdro, permitindo ver um prédio ao lado e o céu azul com poucas nuvens brancas ao fundo.