Seu Bolso

Economia doméstica: dicas para aplicar

Entenda a importância da economia doméstica para os gastos familiares


O que é economia doméstica
Entenda como colocar a economia doméstica em prática

Você conhece os principais conceitos da economia doméstica? Em um cenário em que os produtos e serviços estão mais caros, é comum buscar alternativas de como economizar dinheiro e cortar gastos.

Ao colocar elementos da economia doméstica em prática no seu cotidiano, é possível incentivar toda a família a poupar e trazer mais consciência em relação ao dinheiro. Entenda o que é economia doméstica e confira algumas dicas para aplicar na sua casa:

Relacionadas:

O que é economia doméstica?

A economia doméstica é um compilado de atitudes que podem ser tomadas para otimizar e redirecionar o orçamento.

Através dessas condutas, é possível melhorar a saúde financeira da sua casa, o que a longo prazo pode gerar bons frutos. Poupar dinheiro, evitar dívidas e até realizar sonhos em família são alguns exemplos.

6 dicas para aplicar a economia doméstica

Há uma série de condutas que podem ser aplicadas em casa para poupar e melhorar a vida financeira. Confira seis dicas para aplicar a economia doméstica na sua casa:

1. Faça um planejamento financeiro

O primeiro passo para aplicar a economia doméstica é organizar todos os gastos da família, e fazer um planejamento financeiro é uma boa alternativa para organização de contas.

Para isso, você pode utilizar uma planilha para registrar todas as despesas e analisar para onde está indo o dinheiro.

Através da planilha financeira, também é possível observar quais gastos podem ser cortados o que pode ajudar na hora de poupar dinheiro.

2. Converse com a família sobre as despesas

O dinheiro não pode ser um tabu entre os membros da família. Conversar sobre dinheiro em casa é muito importante para estabelecer metas e fazer com que todos os integrantes do núcleo familiar participem das atitudes de economia doméstica.

3. Defina objetivos para o dinheiro

A economia doméstica se torna mais eficiente quando ela passa a ter um propósito. Definir objetivos ou sonhos para o dinheiro pode trazer mais consciência financeira e mais satisfação no momento de utilizá-lo.  

Alguns exemplos de objetivos que podem ser alcançados através da economia doméstica são:

  • Quitar dívidas;
  • Comprar a casa própria;
  • Fazer uma viagem em família;
  • Aprimorar o padrão de vida.

4. Corte gastos supérfluos

Após organizar as suas despesas na planilha, é possível perceber quais gastos são essenciais e quais são supérfluos. Nesse momento é importante analisar se uma parcela elevada do orçamento familiar está sendo destinada para gastos não essenciais.

Portanto, é importante conversar com a sua família e identificar se existem gastos que podem ser cortados a fim de otimizar o orçamento e poupar dinheiro.

5. Reduzir o consumo excessivo de água e energia

Outras despesas que podem ser reduzidas através de atitudes conscientes são as contas de energia e de água.

Ao incentivar atitudes simples, como reduzir o tempo no chuveiro ou apagar a luz ao deixar um cômodo, é possível ver resultados na redução dessas contas e economizar.

6. Mantenha um controle sobre o orçamento

Após a implementação de atitudes de economia doméstica, é importante manter um controle sobre as despesas e observar se as novas condutas estão tendo os resultados esperados.

Além disso, você também pode observar se algum gasto ainda está muito alto e como é possível reduzi-lo.

É importante lembrar que cada família tem um orçamento, de modo que algumas dicas são mais fáceis de aplicar do que outras. A economia doméstica é um processo que pode ser inserido aos poucos, respeitando a realidade específica de cada casa.

Por isso, entenda a viabilidade de aplicar esses conceitos no seu dia a dia com calma, e busque identificar se não existem outras alternativas para melhorar ainda mais a saúde financeira do seu lar.

Ainda não está usando o C6 Bank? Baixe o app, abra sua conta digital gratuita, peça seu cartão sem anuidade com a cor que quiser e aproveite um banco completo com tudo em um só app.

Leia também: Como fazer a Declaração Anual do MEI?