Guia do Investidor

Entenda como avaliar os riscos de um investimento

Existem quatro tipos de risco: de mercado, de liquidez, de crédito e de produto


Foto da tela de um celular com o aplicativo do C6 Bank aberto na parte de C6 Invest

Risco, liquidez e retorno: estas três palavras são os pilares para quem quer montar uma carteira de investimentos.

Além de respeitar o seu perfil de investidor – que pode ser conservador, moderado ou arrojado, você precisa avaliar os riscos dos ativos antes de montar sua carteira.

Mas você sabe como identificar os riscos dos investimentos? A gente te ajuda a aprender. Veja quais são os principais riscos existentes:

Risco de mercado

É basicamente o risco de perda de valor por oscilações no preço de um ativo. Quase todos os investimentos estão sujeitos a esse risco, desde a compra de um imóvel, ação até um título de dívida pública.

Relacionadas:

Risco de liquidez

O problema aqui é a impossibilidade de resgatar ou vender o ativo quando quiser. Alguns produtos possuem uma data de vencimento que, se não respeitada, pode fazer o investidor perder dinheiro.

Para reserva de emergência, por exemplo, o investidor sempre deve optar por produtos de liquidez diária, como CDBs.

Risco de crédito

É aquele relacionado a capacidade da instituição financeira de pagar pelo título que o investidor comprou. É um risco comum em produtos de renda fixa e em alguns de renda variável.

Ou seja, quando existe a possibilidade da empresa não pagar pelo que foi investido mais os juros combinados. Normalmente, quanto maior a taxa ofertada, maior o risco de calote.

Risco de produto

Aqui estamos falando de fatores que podem impactar a rentabilidade de um produto específico por mudanças regulatórias, tributárias ou outras alterações legais.

Se o governo federal decide tributar uma aplicação que não tinha cobrança de Imposto de Renda, por exemplo, isso pode ser considerado um risco de produto, já que a nova regra impacta diretamente a rentabilidade do título.

Para diminuir esse risco, é interessante escolher produtos diferentes (CDB e LCI, por exemplo), mesmo que tenham o mesmo indexador e sejam emitidos pelo mesmo banco.

No aplicativo do C6 Bank, você encontra investimentos com todos os tipos de risco e prazos. Acesse o app, clique em C6 Invest e escolha quais os produtos ideais para a sua carteira de investimentos.

Como diminuir os riscos ao investir?

Com diversificação. A ideia é que o investidor sempre escolha produtos com diferentes prazos, emissores e riscos de mercado, considerando seus objetivos. Desta forma, fica mais fácil se blindar das oscilações do mercado.

Leia também: Quer se preparar para a declaração do IR 2022? Saiba como começar