Guia do Investidor

Fundo de fundos: conheça as vantagens e desvantagens

Ao fazer um único investimento, você consegue realizar dezenas de aplicações diferentes, diversificando e reduzindo riscos ao mesmo tempo


Mulher branca sentada no braço de um sofá branco. Está vestida com uma roupa toda branca e mexe em um tablet. Está lendo sobre fundo de fundos.

Ao fazer um único investimento, você consegue realizar dezenas de aplicações diferentes, diversificando e reduzindo riscos ao mesmo tempo. Parece interessante? Pois esse é o conceito do FoF (Fund of Funds, na sigla em inglês), ou fundo de fundos.

Da mesma forma que um fundo de investimentos tradicional, um FoF é composto por pessoas que se reúnem com o objetivo de aplicar recursos em uma determinada classe de ativos. A diferença é que, nesse caso, esse investimento é feito em outros fundos, que são selecionados pelo gestor de forma a balancear retorno e amortecer perdas.

Eles podem ser de diferentes categorias: os que investem em fundos imobiliários, multimercados ou de ações. A regra é que, para serem considerados fundo de fundos, devem aplicar no mínimo 95% do patrimônio em fundos, e o restante em títulos de renda fixa.

Relacionadas:

Para quem os fundo de fundos são indicados? 

Esses fundos são indicados para investidores que querem diversificar suas aplicações, mas não possuem tempo ou interesse em administrar muitas aplicações ao mesmo tempo. Além disso, tendem a ser mais estáveis, já que o conjunto de diferentes fundos (se bem selecionados) pode amortizar a volatilidade.

Qual a vantagem dos FoFs?

Especialistas apontam a diversificação como a principal vantagem dos fundos de fundos. Como os aportes são feitos em diversas aplicações, a alocação passa por diferentes gestores, e as perdas de um ativo podem ser compensadas pelos ganhos de outro.

Quais são as desvantagens?

Como os FoFs são compostos por muitos fundos, a tendência é que o custo da taxa de administração ou taxa de performance de diversas aplicações diferentes seja repassado para o cotista. De resto, da mesma forma como acontece com fundos de investimento em geral, é importante avaliar a gestora e o desempenho passado da aplicação.

Ainda não está usando o C6 Bank? Baixe o app, abra sua conta digital gratuita, peça seu cartão sem anuidade com a cor que quiser e aproveite um banco completo com tudo em um só app.

Leia também: O que é crédito pessoal?