Guia do Investidor

Fundos ESG: o que são e por que investir

Já imaginou usar o seu dinheiro para investir em empresas que se preocupam com valores ambientais, sociais e humanos?


mulher sentada olhando para o computador, pesquisando sobre fundos ESG
O que é um fundo ESG?

Já imaginou usar o seu dinheiro para investir em empresas que se preocupam com valores ambientais, sociais e humanos? Com os fundos ESG você pode fazer isso.

E essa forma de investimento não se trata do envio de doações ou de filantropia. Os fundos ESG são investimentos que geram lucro.

Relacionadas:

ESG: o que é?

Os fundos ESG são fundos de investimento que consideram critérios ambientais, sociais e de governança corporativa das empresas nas quais são feitos os investimentos.

Nessa modalidade, o investidor conta com gestão profissional para fazer o seu dinheiro render, como em qualquer outro fundo.  

A sigla ESG (Environmental, Social and Corporate Governance) define os três critérios não-financeiros que o fundo leva em consideração para definir se uma empresa pode ou não fazer parte da sua carteira.

Como funcionam os critérios de seleção de um fundo ESG?

Além dos critérios tradicionais, como potencial de geração de lucro e saúde financeira, o fundo ESG leva em conta questões ambientais, sociais e de governança corporativa.

Sob a ótica ambiental, por exemplo, os analistas do fundo observam fatores como destinação de resíduos, consumo de energia e de água e logística reversa.

Do ponto de vista social, são analisados critérios como bem-estar dos colaboradores, remuneração adequada, segurança no ambiente de trabalho e valorização dos direitos humanos.

Por último, em relação à governança, leva-se em conta transparência de informações, diversidade no conselho administrativo, o código de ética e conduta profissional da empresa, entre outros pontos.

Por que investir?

Os fundos ESG ainda são relativamente desconhecidos dentro do Brasil. Isso acontece porque o mercado brasileiro ainda está amadurecendo formas de mensurar os impactos gerados pelas empresas.

Apesar dos fundos ESG ainda serem pouco conhecidos no Brasil, esse tipo de investimento deve ser levado a sério.

Com o aumento do interesse por esses tipos de fundos, existe um movimento de revisão de processos e adoção de melhorias nas práticas sociais e ambientais das empresas.

Se você quer investir em fundos ESG, a análise feita antes de começar deve ser a mesma de outros fundos: estude a gestora do fundo, entenda sua estratégia e veja se ela faz sentido para o seu objetivo de investimento.

Ainda não está usando o C6 Bank? Baixe o app, abra sua conta digital gratuita, peça seu cartão sem anuidade com a cor que quiser e aproveite um banco completo com tudo em um só app.

Leia também: Como declarar fundos de investimento para o IR 2022?