MEI

O que é Guia DAS?

A Guia DAS é uma grande facilitadora da vida do empreendedor e é muito fácil de emitir


Mulher branca mexendo no celular. Está sorrindo, o que simboliza que descobriu o que é Guia DAS e como emiti-la.

Você sabe o que é Guia DAS? Se tem algum interesse pelo universo do empreendedorismo, é possível que já tenha ouvido falar nesse termo.

Neste post, vamos explicar melhor esse assunto, além de te ensinar a como emitir o DAS. Saiba mais a seguir!

Relacionadas:

Guia DAS: o que é?

Se você é dono de empresa ou tem conhecimentos sobre a área, sabe bem que toda empresa precisa pagar seus impostos mensalmente.

No entanto, para empresas que fazem parte do Simples Nacional, o processo é mais simples: o pagamento é feito a partir de uma guia, chamada de Documento de Arrecadação do Simples Nacional, ou simplesmente DAS. Daí a Guia DAS.

A ideia por trás da Guia é de simplificar a vida dos empreendedores e pequenos empresários por meio da unificação de todos os tributos a serem pagos, além de contar com alíquotas fixas ou menores para as empresas, baseado em seu faturamento no mês.

Que impostos a Guia DAS inclui?

Atualmente, 8 tributos estão inclusos na DAS:

  • Cofins – Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social
  • CPP – Contribuição Patronal Previdenciária
  • CSLL – Contribuição Social sobre o Lucro Líquido;
  • ICMS – Imposto sobre Operações Relativas à Circulação de Mercadorias e Sobre Prestações de Serviços de Transporte Interestadual e Intermunicipal e de Comunicação
  • IPI – Imposto sobre Produtos Industrializados
  • IRPJ – Imposto sobre a Renda da Pessoa Jurídica
  • ISS – Imposto sobre Serviços de Qualquer Natureza
  • PIS – Programa de Integração Social

Como emitir o DAS?

Para microempresas (ME) e/ou empresas de pequeno porte (EPP), basta acessar o portal do Simples Nacional e informar o código de acesso ou utilizar um certificado digital, caso possua um. Em seguida, serão necessárias algumas informações e cálculos.

Já para quem é microempreendedor individual (MEI), o processo é mais simples ainda. É só acessar o Programa Gerador de DAS do Microempreendedor Individual (PGMEI), informar seu CNPJ, clicar em “Emitir guia de Pagamento (DAS)“, escolher o ano-calendário e o mês desejado. Pronto!

O pagamento da Guia DAS pode ser feito por boleto, débito automático, plataformas de Web Banking e Pix.

Ainda não é cliente do C6 Bank? Abra uma Conta MEI completa e sem tarifas com C6 Business sem anuidade.

Leia também: Crédito rotativo e cheque especial: somente em caso de emergência