Guia do Investidor

Investimentos de curto prazo: entenda o conceito

Investimentos de curto prazo são uma modalidade que opera no prazo de 1 a 90 dias


Mulher de óculos pesquisando no celular o que são investimentos de curto prazo

Sempre reforçamos aqui no blog que nenhum investimento vai te deixar rico da noite para o dia. No entanto, isso não significa que todo investimento só vai te trazer rendimentos daqui a 20 anos. Você já conhece os investimentos de curto prazo?

Neste post, vamos falar um pouco mais sobre esse conceito, além de trazer alguns dos investimentos de curto prazo mais populares. Confira mais informações a seguir.

Relacionadas:

O que são investimentos de curto prazo?

Basicamente, são investimentos em que a perspectiva de utilização do capital está próxima: um investidor que deseja fazer uma viagem ao exterior em 6 meses, por exemplo. Em casos assim, o ideal é buscar alternativasde baixo risco e alta liquidez.

Tenha em mente que investimentos de curto prazo duram entre 1 e 90 dias, então sua estratégia deve estar bem definida previamente, para que você não corra o risco de acabar tendo um prejuízo difícil de recuperar ou não conseguir ter o lucro esperado.

Conheça alguns dos principais investimentos de curto prazo

Existe uma variedade de ativos disponíveis para quem deseja fazer investimentos a curto prazo, seja seu perfil de investidor mais conservador ou mais arrojado. Conheça alguns dos principais a seguir:

CDBs

OS CDBs (Certificados de Depósito Bancário) consistem em um empréstimo feito ao banco, que retorna com o acréscimo de juros, após o vencimento. Para quem deseja investir a curto prazo, CDBs pós-fixados com liquidez diária (ou seja, com a possibilidade de resgatar o dinheiro a qualquer momento) podem ser uma boa opção.

Tenha atenção também ao rating de crédito. Quanto mais elevado ele for, menor a chance de um calote.

Tesouro Selic

Outra alternativa seriam os títulos públicos federais disponíveis no Tesouro Selic, um produto que possui risco-soberano, instrumento de medida usado pelos mercados desenvolvidos para avaliar a capacidade dos países emergentes de pagarem suas dívidas. Além disso, também conta com alta liquidez.

Fundos DI

Fundos DI são fundos de investimento de baixo risco, com o objetivo de acompanhar a taxa do CDI, seu índice de referência.

Basicamente, CDIs são Certificados de Depósito Interbancário, títulos emitidos por bancos com o objetivo de transferir recursos entre instituições financeiras. Nessas transações, uma taxa é cobrada: a taxa DI, que serve como referência para investimentos de renda fixa e é obtida através da média dos juros cobrados nas operações

As vantagens desse investimento para quem deseja investir a curto prazo são o baixo risco, a liquidez diária e a aplicação mínima inicial baixa, ideais para esse tipo de perfil.

C6 Invest: uma ferramenta para te ajudar

Ficou interessado nos investimentos de curto prazo? Saiba que podemos te ajudar a entrar nesse mundo, com o C6 Invest.

O C6 Invest é a plataforma de investimentos do C6 Bank. Nela, o investidor consegue escolher em quais produtos financeiros deseja colocar o seu dinheiro. As opções vão de CDBs a partir de R$ 20, passando por opções em fundos de renda fixa, ações, cambiais, multimercados e criptomoedas, bem como opções em renda variável, disponibilizando até mesmo a possibilidade de operar em mercados futuros.

Com o C6 TechInvest, você não precisa nem se preocupar com notícias, cotações e balanços. Nosso algoritmo, com o auxílio de nossos especialistas e muita tecnologia, monitora constantemente as mudanças do mercado, ajustando automaticamente a carteira de investimentos que monta para você em busca da melhor rentabilidade.

Ainda não está usando o C6 Bank? Baixe o app, abra sua conta digital gratuita, peça seu cartão sem anuidade com a cor que quiser e aproveite um banco completo com tudo em um só app.

Leia também: Fundos de investimento: o que você precisa saber antes de começar