Seu Bolso

IPCA: 4 pontos para entender a importância na sua vida

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo influencia diretamente no orçamento doméstico e na vida financeira


Imagem mostra uma pessoa anotando coisas em um caderno em uma mesa com papéis, canetas e moedas empilhadas

A inflação oficial do Brasil medida pelo IPCA subiu 1,62% em março, segundo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Este é o maior resultado para o mês desde 1994. Já o resultado acumulado em 12 meses atingiu a marca de 11,3%.

Relacionadas:

Impacto do IPCA

Mas o que os números citados acima impactam na sua vida? Confira 4 pontos em que o IPCA influencia diretamente o seu orçamento doméstico e sua vida financeira.

Seu dinheiro está valendo menos

O IPCA é o principal indicador para calcular a perda de poder de compra do seu dinheiro. A inflação nada mais é do que aumento médio dos preços. Se os produtos ficam mais caros, você precisará de mais reais para comprar os mesmos itens.

Inflação passada vai pesar no seu bolso no futuro 

Apesar de refletir o que aconteceu no passado, o IPCA também influencia na inflação futura. Isso acontece porque o índice é usado como fator de reajuste em diversos contratos de prestação de serviço.

Se a inflação subiu no mês passado, essa variação provavelmente será repassada na mensalidade escolar do seu, nas contas de água, luz, telefone, internet, pedágios, entre outras.

Investimentos podem render mais 

O principal instrumento que o Banco Central possui para controlar o avanço da inflação é a taxa básica de juros – a Selic.

Se o IPCA sobe muito, o BC aumenta os juros para desestimular o consumo e tentar forçar a queda nos preços.

E o que isso tem a ver com os seus investimentos? A Selic é referência para calcular o rendimento de investimentos em renda fixa – CDBs e títulos públicos negociados no Tesouro Direto, por exemplo. Se os juros sobem, eles tendem a render mais.

Olho no salário 

O IPCA é o índice utilizado por empresas e sindicatos nas negociações de dissídios e reajustes salariais. A inflação atual será levada em conta para determinar qual será o percentual de correção dos salários no ano que vem. Mas atenção: para o salário mínimo, o índice usado pelo governo é outro – o INPC.

Ainda não está usando o C6 Bank? Baixe o app, abra sua conta digital gratuita, peça seu cartão sem anuidade com a cor que quiser e aproveite um banco completo com tudo em um só app.

Leia também: Planejamento financeiro familiar: por onde começar?