Seu Bolso

O que é IGP-M?

O IGP-M é um importante indicador econômico utilizado, entre outras coisas, no reajuste de tarifas públicas


IGP-M

Todo mês, o Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getúlio Vargas divulga o Índice Geral de Preços – Mercado, também conhecido como IGP-M. Mas você sabe o que é, além da sigla?

Neste post, vamos explicar tudo que você precisa saber sobre esse importante indicador econômico. Veja mais abaixo.

Relacionadas:

O que é IGP-M?

O IGP foi criado no final da década de 40 para medir, de forma abrangente, o movimento de preços, englobando também etapas distintas do processo produtivo. Ele funciona como um indicador mensal do nível de atividade econômica dos principais setores do país.

Versões do IGP

Há 3 versões do IGP, com coleta de preços encadeada:

  • IGP-10, com base nos preços apurados dos dias 11 do mês anterior ao dia 10 do mês de coleta.
  • IGP-DI, com base nos preços apurados do dia 1 ao 30.
  • IGP-M, o mais popular deles, apura a variação de preços do dia 21 do mês anterior ao dia 20 do mês de coleta.

Cálculo do IGP-M

O cálculo do IGP-M leva em consideração a variação de preços de bens e serviços, matérias-primas utilizadas na produção agrícola, industrial e construção civil. Ele é a média aritmética ponderada da inflação ao produtor (IPA), consumidor (IPC) e construção civil (INCC).

O peso de cada índice corresponde a parcelas da despesa interna bruta, calculadas com base nas Contas Nacionais. O resultado é a seguinte distribuição:

  • IPA: 60%
  • IPC: 30%
  • INCC: 10%

Para que serve o IGP-M?

O IGP-M responde, parcialmente, pelos reajustes tarifários dos segmentos de telefonia e energia elétrica. Além disso, também serve como referência para o setor imobiliário, no reajuste de contratos de aluguel.

Por fim, o índice também pode ser citado em contratos público-privados de diversos segmentos. Alguns de seus componentes podem, ainda, servir de referência para reajustes de preços.

Ainda não está usando o C6 Bank? Baixe o app, abra sua conta digital gratuita, peça seu cartão sem anuidade com a cor que quiser e aproveite um banco completo com tudo em um só app.

Leia também: Adeus IGP-M? Entenda o IVAR, novo indicador da FGV que mede custo do aluguel