Guia do Investidor

Qual a diferença entre renda fixa e renda variável?

Qual é melhor: renda fixa ou renda variável? Antes de começar a investir, entenda qual categoria de investimento mais se encaixa com o seu perfil.


Aprenda tudo o que você precisa sobre renda fixa e renda variável. Mulher branca com cabelos longos sentada em uma banco de madeira.
Na dúvida entre renda fixa e variável? Escolha a que mais combina com você

Compreender a diferença entre renda fixa e renda variável é essencial na hora de investir o seu dinheiro. Ao entender como cada categoria de investimento funciona, é possível escolher a que mais combina com o seu perfil investidor.

Renda fixa ou variável? Qual a melhor categoria para investir? A resposta para essa pergunta é: depende. A vantagem dos investimentos é que você pode optar por aquele que mais combina com você e com os seus objetivos financeiros.

Então, vamos aprender um pouquinho sobre como essas categorias funcionam?

Relacionadas:

O que é renda fixa?

A renda fixa é um investimento que oferece previsibilidade. Você empresta dinheiro a um banco, a uma empresa, ao governo e, em troca, ele te devolve com um rendimento acordado após determinado prazo.

E você ainda pode escolher entre renda fixa prefixada ou pós-fixada.

O que é renda variável?

Diferentemente da renda fixa, a renda variável não é previsível. Ou seja, não é possível saber o valor dos rendimentos previamente. Além de não ter um indexador pré-definido, o resultado está ligado a diversos fatores como:

  • Economia
  • Resultado das empresas
  • Valor do câmbio
  • Preço dos imóveis

Renda variável: como funciona?

Por exemplo, se você investir em ações de uma empresa, os ganhos ou perdas podem variar de acordo com as oscilações do mercado. E os resultados daquela empresa também impactam o investimento.

Então, ter um investimento renda variável pode gerar altos ganhos. Mas, por possuir mais riscos do que a renda fixa, pode gerar grandes perdas também.

Qual a diferença entre renda fixa e variável?

Resumidamente a renda fixa é um investimento previsível, enquanto os resultados do investimento em uma renda variável podem ser afetados por diversos fatores. Sendo assim, a renda fixa oferece, de certa forma, mais segurança. Já a renda variável pode trazer altos ganhos, mas apresenta mais riscos.

Tipos de renda fixa

  • Prefixada: o investidor sabe exatamente o quanto vai receber de juros no dia do vencimento.
  • Pós-fixada: neste caso o rendimento varia de acordo com as taxas. Isso acontece porque a rentabilidade está atrelada a um indexador.  

Renda variável e fixa: qual a melhor?

Se você ainda está conhecendo o mercado financeiro: comece pela renda fixa. Esse é o tipo de investimento que oferece mais segurança a investidores iniciantes. Além disso, essa categoria é muito recomendada a um perfil conservador.

Entretanto, ao adquirir mais conhecimento e acumular capital, a recomendação é diversificar a sua carteira de investimentos com produtos mais sofisticados.

E se você quer aprender mais sobre finanças não deixe de assistir aos vídeos do Prof. Liao, educador financeiro do C6 Bank.

Ainda não está usando o C6 Bank? Baixe o app, abra sua conta digital gratuita, peça seu cartão sem anuidade com a cor que quiser e aproveite um banco completo com tudo em um só app.

Leia também: Como aumentar o meu limite do cartão C6 Bank?