Economia

Resumo semanal: novos choques acendem o alerta na China e Europa

Confira as principais notícias da semana, segundo a avaliação da equipe econômica do C6 Bank


Confira as principais notícias da semana (4/7-8/7), segundo a avaliação da equipe econômica do C6 Bank. Leia a íntegra do relatório.

Internacional

Estados Unidos: Fed reforça foco na meta de inflação

O banco central americano (Federal Reserve – Fed) divulgou a ata da última reunião, realizada em meados de junho. O texto mostrou que a decisão de um aumento na taxa de juros em 75 pontos-base, maior alta desde 1994, foi quase unânime, com apenas um voto dissidente. Os membros do comitê de política monetária reafirmaram forte compromisso em trazer a inflação para a meta de 2% ao ano. Reconhecem que a política monetária firme pode reduzir o ritmo de crescimento econômico por um tempo, mas consideram que a volta da inflação para a meta é chave para alcançar o máximo emprego de forma sustentável. Indicaram que para a próxima reunião, em 27 de julho, um aumento de 50 ou 75 pontos-base na taxa de juros seria apropriado.

O mercado de trabalho segue bastante aquecido. O Departamento de Trabalho publicou dados referentes ao mês de junho. De acordo com o Establishment Survey, houve criação de 372 mil empregos no período, acima das expectativas, mantendo a média de criação de postos de trabalho no ano elevada. Segundo o Household Survey, a taxa de desemprego permaneceu em 3,6%, pelo quarto mês consecutivo – com um total de 5,9 milhões de desempregados – e houve leve redução na taxa de participação, de 62,3% para 62,2%. O ganho médio por hora trabalhada aumentou em 0,3% em relação ao mês anterior. Nos últimos doze meses, o índice acumula alta de 5,1%, sugerindo pressão de salários e dificuldade das empresas em contratar. Outros dados divulgados na semana reforçam essa visão. O relatório Jolts do Departamento de Trabalho indicou que o número de vagas de emprego em aberto continuou elevado (11,2 milhões em maio), próximo ao recorde alcançado há dois meses. O número de pedidos de demissão também segue elevado, sinal da facilidade de se conseguir emprego. Os pedidos iniciais de seguro-desemprego, também divulgados pelo Departamento do Trabalho, seguem em níveis baixos, em 235 mil na semana encerrada em 2 de julho, 4 mil acima da semana anterior.

A atividade no setor de serviços continuou em expansão em junho, porém em ritmo mais moderado, segundo índices de gerentes de compras (PMI, na sigla em inglês) do Instituto ISM. O PMI-ISM de serviços diminuiu 0,6 ponto para 55,3. Houve menor crescimento da demanda e do emprego. Os preços pagos continuaram elevados e o tempo de entrega de mercadorias também permaneceu alto, sugerindo persistência de gargalos na cadeia produtiva.

Europa: menor oferta de gás natural pode impactar crescimento

O Banco Central Europeu (BCE) divulgou a ata da última reunião de junho, indicando uma normalização de política monetária. O primeiro aumento de juros deve ocorrer na próxima reunião, em julho, e ser de 25 pontos-base, como anunciado no comunicado divulgado após a reunião de junho. Um próximo aumento deve seguir em setembro, de magnitude não especificada. Membros do banco concordam que gradualismo na política monetária não restringe aumentos de juros a 25 pontos-base, e os próximos passos devem depender de projeções de inflação no médio prazo.

O conflito entre Rússia e Ucrânia se estende pelo quinto mês. A Rússia avançou no leste do país e segue para tomar a região de Donbas. A Ucrânia mostra resistência e segue recebendo ajuda militar, financeira e humanitária do Ocidente. Negociações diretas entre Rússia e Ucrânia estão praticamente paradas. O conflito se estende por mais tempo do que era previsto.

Os preços das commodities continuam com alta volatilidade. Entre os dias 1 e 7 de julho o petróleo caiu (7%) em meio a preocupações de uma desaceleração na economia global. O gás natural continuou subindo (24%), em razão de menor fornecimento russo à Alemanha e à Itália, importantes distribuidores do produto para a região, e menor disponibilidade de gás natural liquefeito. A redução no abastecimento europeu dificulta a formação de estoques antes do inverno e tem levado alguns países do bloco a reativarem suas usinas à carvão. Na próxima semana, o gasoduto principal de fornecimento de gás da Rússia para Alemanha será fechado para manutenção, interrompendo totalmente o fluxo durante o período. A menor oferta de gás é um fator de risco para a economia na zona do euro.

As vendas no varejo tiveram leve aumento de 0,2% em maio frente ao mês anterior. O índice veio abaixo do esperado possivelmente impactado pela alta da inflação que diminuiu o poder de compra dos consumidores e pesou negativamente sobre as vendas.

A inflação ao produtor (PPI, na sigla em inglês) desacelerou na margem em maio frente ao mês anterior, mas segue elevada e acumula alta de 36,3% em 12 meses.

Na Alemanha, a produção industrial teve uma leve melhora em maio, subindo 0,2% em relação ao mês anterior, permanecendo abaixo do nível pré-pandemia. A produção de manufaturas cresceu, mas a de energia teve forte contração.

O primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, anunciou sua renúncia depois de crescentes pressões para que deixasse o cargo após um escândalo envolvendo um líder do governo nomeado por ele.

China: aumento de casos de Covid-19 volta a preocupar

O número diário de novos casos de Covid-19 voltou a subir para acima de 400, depois de 2 semanas próximo a 100. O surto desta vez está ocorrendo na província de Anhui, próxima a Xangai, importante produtora de painéis de energia solar e de semicondutores. Em Xangai, uma nova rodada de testagem em vários distritos foi realizada, mas o número de novos caso não aumentou significativamente.  As duas maiores cidades do país, Xangai e Pequim, continuam diminuindo restrições e indicadores de mobilidade seguem melhorando.

A atividade no setor de serviços ganhou força em junho, de acordo com o índice de gerente de compras (PMI, na sigla em inglês), do Caixin. O PMI do setor subiu 13,1 pontos em relação ao mês anterior, para 54,5, voltando a sinalizar expansão depois de três meses em território contracionista. A retomada na atividade ocorre depois de um alívio nas restrições a partir de maio com a redução significativa dos casos de Covid-19. O PMI composto, que inclui o setor de manufaturas e serviços, subiu para 55,3 pontos.

O governo chinês está considerando um plano que permitirá aos governos locais emitir títulos especiais, no total de US$ 220 bilhões, no segundo semestre para acelerar investimentos em obras de infraestrutura. A medida anteciparia as quotas de emissão dos governos do próximo ano e ajudaria a aliviar pressões sobre o crescimento econômico.

Brasil

Focus: expectativas de inflação deterioram para o ano que vem

O Banco Central publicou nesta semana os boletins Focus retroativos ao período em que os servidores da autarquia estavam em greve. Com isso, tivemos uma atualização de dois meses nos dados. Em relação à semana anterior, a projeção para o IPCA apresentou queda para 2022 (de 8,27% para 7,96 %) e alta para 2023 (de 4,91% para 5,01%). O número esperado para o PIB ficou estável em 2022 (de 1,5% para 1,51%) e 2023 (0,5%). A taxa Selic esperada para 2022 permaneceu em 13,75% e subiu de 10,25% para 10,5% em 2023. As projeções estão no relatório do Banco Central que reúne as expectativas das instituições financeiras em relação aos principais indicadores econômicos do país.

Atividade: indústria registra expansão em maio, mas deve sofrer no 2º semestre

A produção industrial do mês de maio registrou alta de 0,3% frente ao mês anterior e alta de 0,5% na comparação anual – um pouco abaixo do esperado pelo mercado e por nós. Este é o quarto mês seguido de expansão no volume produzido da indústria, mas não foi suficiente para recuperar a queda registrada em janeiro. Apesar de mais fraco do que o esperado, o indicador corrobora nossa projeção de uma expansão da indústria e do PIB no 2º trimestre na comparação com o 1º trimestre. À frente, nossa expectativa é que a indústria tenha um segundo semestre mais difícil, podendo apresentar contração. A política monetária contracionista, a desaceleração global e a desorganização das cadeias globais de produção contribuem para esta tendência. Mantemos por ora nossa projeção de 1,5% para o PIB de 2022, com viés de alta.

Inflação: IPCA abaixo do previsto, mas com composição ruim

O IGP-DI avançou 0,62% em junho, em linha com a expectativa do mercado, e acumula alta de 11,1% em 12 meses – trajetória de desaceleração. A composição dos índices de atacado mostrou o IPA agrícola em território negativo – queda de 0,62% frente à alta de 0,68% no mês anterior. O núcleo do IPA industrial – que inclui apenas os itens relacionados à inflação de bens industriais do IPCA, excluindo alimentos, combustíveis e minério de ferro – registrou elevação de 0,24% ante 1,3% em maio, mostrando desaceleração. No acumulado em 12 meses, ambos indicadores seguem em patamar elevado, em 16,2% para o núcleo dos bens industriais e em 13,9% para o IPA agrícola. À frente, esperamos que os IPAs sigam desacelerando no acumulado em 12 meses, no entanto, essa queda deve ser lenta.

O IPCA de junho registrou expansão de 0,67% – abaixo do que nós (0,79%) e o mercado (0,71%) esperávamos. O índice acumula alta de 11,89% na variação em 12 meses e mostra desaceleração. A composição do índice, no entanto, veio ruim. A surpresa para baixo veio em itens monitorados, principalmente gasolina e energia elétrica, enquanto a inflação de serviços e a média dos núcleos do BC vieram acima do esperado.  A tendência da inflação mostra bens industriais registrando desaceleração, enquanto serviços ainda registram aceleração. Em 12 meses, a inflação de serviços acumula alta de 8,7% e a de bens industriais de 13,7%. A inflação de serviços deve continuar sentindo a inércia inflacionária nos próximos meses. O dado teve pouco impacto na nossa projeção para a inflação de 2022, mas seguido com forte viés de baixa em relação a nossa projeção de 8,4% em função do impacto (ainda não incorporado nas nossas previsões) da redução do ICMS sobre energia, combustíveis e telecomunicações. 

Equipe Econômica C6 Bank

Felipe Salles Head
Claudia Moreno Head Brasil
Claudia Rodrigues Head Internacional
Felipe Mecchi Internacional
Heliezer Jacob Brasil

Este relatório foi preparado pelo Banco C6 S.A.

Os números contidos nos gráficos de desempenho referem-se ao passado; o desempenho passado não é garantia de resultados futuros.

Cada analista de Macro Research é o principal responsável pelo conteúdo deste relatório e atesta que:

(i) todas as opiniões expressas refletem com precisão suas opiniões pessoais e eventual recomendação foi elaborada de forma independente, inclusive em relação ao Banco C6 S.A. e / ou suas afiliadas;

(ii) nenhuma parte de sua remuneração foi, está ou estará, direta ou indiretamente, relacionada a quaisquer recomendações específicas realizadas pelo analista.

Parte da remuneração do analista vem dos lucros do Banco C6 S.A. e / ou de suas afiliadas e, consequentemente, as receitas decorrem de transações mantidas pelo Banco C6 S.A. e / ou suas coligadas.

Este relatório foi preparado pelo Banco C6 S.A., uma instituição regulada por autoridades brasileiras.

O Banco C6 S.A. é responsável pela distribuição deste relatório no Brasil.