Economia

Selic deve subir 150 pontos base na próxima reunião do Copom

A previsão é da equipe econômica do C6 Bank. Veja abaixo a nota sobre a reunião do Copom


O Comitê de Política Monetária do Banco Central (Copom) deve manter o ritmo de alta nos juros na reunião da semana que vem, segundo a previsão da equipe econômica do C6 Bank. A expectativa é que a taxa Selic passe dos atuais 9,25% para 10,75% ao ano — uma alta de 1,5 ponto percentual.

A informação consta da nota divulgada pela equipe liderada pelo economista-chefe Felipe Salles nesta quinta-feira (27).

Segundo a previsão do C6 Bank, a Selic deve subir ainda 1 ponto percentual na reunião seguinte, agendadas para março, e estabilizar em 11,75% — patamar que deve ser mantido por um longo período.

Leia, abaixo, a nota completa preparada pela equipe econômica do C6 Bank:

O Banco Central decidirá a taxa de juros na próxima quarta-feira (2/fev). O cenário inflacionário apresentou poucas mudanças desde a última reunião do Comitê de Política Monetária (Copom). As projeções de inflação para 2022 do Boletim Focus subiram de 5,02% em 3/dez para 5,15% nesta semana, e caíram de 3,5% para 3,4% em 2023. Entretanto, a divulgação do IPCA-15 de janeiro surpreendeu o consenso de mercado, com pressão em bens industriais e serviços, podendo ocasionar revisões das projeções à frente. Adicionalmente, os núcleos do IPCA vêm acelerando na margem.

Com relação ao balanço de riscos, a ata da última reunião, em dezembro, trouxe a informação de que o Copom avaliou que “o risco de desancoragem das expectativas para prazos mais longos, derivado dos desenvolvimentos no cenário fiscal, indica que há viés altista para as projeções no cenário básico”. Como consequência, concluiu que “o ciclo de aperto monetário deverá ser mais contracionista do que o utilizado no cenário básico por todo o horizonte relevante”. Acreditamos que medidas com impacto negativo nas contas públicas podem, caso implementadas, levar a uma deterioração no balanço de riscos na visão do Copom.

Em suma, esperamos que o Copom seguirá com o ritmo de 150 pontos base, seguido de outra alta de 100 pontos base na reunião de março, elevando a taxa Selic ao nível de 11,75% ao final do ciclo de aperto monetário e permanecendo neste patamar por longo período. Entretanto, o comunicado da próxima reunião poderá trazer informações relevantes sobre os próximos passos da política monetária.

Equipe Econômica C6 Bank

Felipe Salles – Head
Claudia Moreno – Head Brasil
Claudia Rodrigues – Head Internacional
Felipe Mecchi – Internacional
Heliezer Jacob – Brasil

Este relatório foi preparado pelo Banco C6 S.A.
Os números contidos nos gráficos de desempenho referem-se ao passado; o desempenho passado não é garantia de resultados futuros.
Cada analista de Macro Research é o principal responsável pelo conteúdo deste relatório e atesta que:

(i) todas as opiniões expressas refletem com precisão suas opiniões pessoais e eventual recomendação foi elaborada de forma independente, inclusive em relação ao Banco C6 S.A. e / ou suas afiliadas;
(ii) nenhuma parte de sua remuneração foi, está ou estará, direta ou indiretamente, relacionada a quaisquer recomendações específicas realizadas pelo analista.
Parte da remuneração do analista vem dos lucros do Banco C6 S.A. e / ou de suas afiliadas e, consequentemente, as receitas decorrem de transações mantidas pelo Banco C6 S.A. e / ou suas coligadas.

Este relatório foi preparado pelo Banco C6 S.A., uma instituição regulada por autoridades brasileiras.
O Banco C6 S.A. é responsável pela distribuição deste relatório no Brasil.