Guia do Investidor

O que é valuation e como calcular?

Entenda a importância do valuation para os seus investimentos


Foto de uma mulher branca e loira em pé, com uma camisa social branca, uma calça de sarja bege, apoiada numa janela de vidro, com a mão esquerda no bolso e segurando, com a mão direita, um celular, enquanto sorri. Ao fundo vemos uma parede cinza de concreto, uma bancada de trabalho e uma cadeira de escritório.
Entenda o que é valuation

Você quer investir em ações? Então, um dos fatores mais importantes para levar em consideração na hora de comprar ações de uma empresa é o valuation.

Esse quesito pode ser uma excelente ferramenta para medir o valor que uma ação pode ter, e assim optar ou não pela compra.

Entenda o que é valuation e como você pode realizar o cálculo:

Relacionadas:

O que é valuation?

O valuation tem como objetivo mensurar o valor real de uma empresa. Esse cálculo pode ser feito de acordo com algumas metodologias. No entanto, vale reforçar que o valor determinado pelo valuation é uma projeção dos resultados futuros da empresa.

Com isso em mente, o investidor pode optar por investir ou não na empresa, com base no risco que ela oferece para a carteira e no valor da ação.

O valuation não se trata de uma fórmula matemática. Essa ferramenta é calculada com base em diferentes técnicas, e você pode entender um pouco melhor sobre elas:

Como calcular?

Existem algumas metodologias diferentes para calcular o valuation de uma empresa.

Entre elas, estão: o Fluxo de Caixa Descontado, Valuation contábil, Valuation de Liquidação, Múltiplos de Mercado, entre outros.

Cada uma delas propõe uma abordagem diferente para o valuation de uma empresa. Assim, elas definem quais fatores são mais importantes para definir o valor real do negócio.

No exemplo, entenda como calcular o valuation de acordo com o modelo de Fluxo de Caixa Descontado (FDC):

Como calcular o valuation de acordo com o Fluxo de Caixa Descontado (FDC)

O Fluxo de Caixa Descontado é um modelo que calcula a projeção de lucro futuro de uma empresa, com um desconto vinculado ao risco do investimento.

Assim, o FDC corrige o superávit de maneira proporcional ao longo dos anos, utilizando uma taxa calculada.

Entenda como realizar o cálculo:

  1. Realize a projeção de fluxo de caixa para o período determinado;
  2. Defina a taxa de desconto. Você pode fazer o cálculo de acordo com a base de rendimento médio das empresas na Bolsa;
  3. Some todos os fluxos descontados.

Essa metodologia se torna menos precisa com o aumento do espaço de tempo calculado. Por isso, o FDC é uma boa opção para o cálculo de investimentos a médio prazo, com um máximo de dez anos.

Ainda não é cliente do C6 Bank? Abra uma conta C6 Empresas e tenha tudo para seu negócio com uma conta digital, ilimitada e gratuita com cartão, saques, pix, crédito e muito mais.

Leia também: Como abrir minha conta C6 Empresas?