Guia do Investidor

O que é o IFIX?

O IFIX é relativamente recente, mas desempenha um papel muito importante para a Bolsa de Valores


Homem grisalho usando fones e ouvido e com caneta entre os dedos olhando para computador pesquisando sobre o que é IFIX

Se você é investidor e, principalmente, está familiarizado com fundos de investimentos, é possível que já tenha ouvido falar no Índice de Fundos de Investimentos Imobiliários. No entanto, você realmente sabe o que é o IFIX?

Neste post, vamos discutir o que é esse índice e como ele funciona. Saiba mais a seguir.

Relacionadas:

O que é o IFIX?

O IFIX é o indicador do desempenho médio das cotações dos fundos de investimento imobiliários (FIIs), negociados na B3, a Bolsa de Valores do Brasil.

Ele é relativamente recente, começando a ser divulgado há 10 anos, em 2012. Desde então, sempre desempenhou a mesma função, mostrando o retorno total dos FIIs da bolsa.

O índice IFIX demonstra a variação de preços dos fundos e as distribuições de proventos realizadas ao longo do tempo.

Como funciona o IFIX?

Para o cálculo do IFIX cotação, são levados em consideração alguns critérios, definidos pela B3. Há os critérios de inclusão, que definem quais cotas dos fundos imobiliários entrarão no cálculo, e o critério de ponderação, que determina o peso de cada fundo.

Critérios de inclusão

  • Estar classificadas entre os ativos elegíveis que, no período de vigência das 3 carteiras anteriores, em ordem decrescente do Índice de Negociabilidade (IN), representem em conjunto 95% do somatório total desses indicadores
  • Não ser classificadas como penny stock, ou seja, não ter preço unitário abaixo de R$ 1
  • Ter presença em pregão de 95% no período de vigência das 3 carteiras anteriores

Isso significa que, se um fundo de investimento imobiliário não cumprir um dos requisitos acima, seu desempenho deixa de fazer parte do cálculo do IFIX.

Vale notar: um ativo que seja objeto de Oferta Pública realizada durante o período de vigência das 3 carteiras anteriores ao rebalanceamento será elegível, mesmo sem estar listado todo o período, desde que:

  • a Oferta Pública de distribuição de cotas tenha sido realizada antes do rebalanceamento anterior;
  • possua 95% de presença desde seu início de negociação;
  • atenda aos dois primeiros critérios de inclusão.

Já em relação aos critérios de ponderação, é levado em consideração o valor de mercado de cada fundo. Quanto maior o valor de mercado do fundo, maior será a sua representação dentro do índice.

Mas vale notar: existe uma determinação de que a participação de um fundo no IFIX não pode ser superior a 20% do índice.

Como investir no IFIX? Vale a pena?

Não é possível investir diretamente no IFIX. Ele é um índice financeiro fictício, calculado a partir da performance dos FIIs. Isso significa que não há ativo comprável para o investidor.  O que existem são ETFs que buscam replicar o índice, apenas.

Nesse caso, a melhor opção é investir em fundos imobiliários, com a possibilidade de obter um rendimento ainda maior em relação ao próprio índice dos FIIs. Esses, sim, valem a pena.

Além da possibilidade de valorização da conta, outra grande vantagem desse investimento é a distribuição recorrente de dividendos.  Os proventos são distribuídos mensalmente e com isenção de imposto de renda.

Sempre mencionamos a importância de pensar seus investimentos a partir de seus objetivos e, principalmente, do seu perfil de investidor. Fundos imobiliários, apesar de seus benefícios, devem ser tratados com cautela: são investimentos bastante voláteis. Por conta disso, no C6 Invest são recomendados apenas a investidores de nível 3.

O que é o C6 Invest?

O C6 Invest é a plataforma de investimentos do C6 Bank. Nela, o investidor consegue escolher em quais produtos financeiros deseja colocar o seu dinheiro. As opções vão de CDBs a partir de R$ 20, passando por opções em fundos de renda fixa, ações, cambiais, multimercados e criptomoedas, bem como opções em renda variável, disponibilizando até mesmo a possibilidade de operar em mercados futuros.

Com o C6 TechInvest, você não precisa nem se preocupar com notícias, cotações e balanços. Nosso algoritmo, com o auxílio de nossos especialistas e muita tecnologia, monitora constantemente as mudanças do mercado, ajustando automaticamente a carteira de investimentos que monta para você em busca da melhor rentabilidade.

Ainda não está usando o C6 Bank? Baixe o app, abra sua conta digital gratuita, peça seu cartão sem anuidade com a cor que quiser e aproveite um banco completo com tudo em um só app.

Leia também: Fundos de investimento: por que investir no C6 Bank?