Guia do Investidor

O que é uma nota de corretagem?

A nota de corretagem funciona como uma nota fiscal das transações feitas na Bolsa de Valores, fornecendo informações muito úteis para o investidor


Homem com computador no colo pesquisando sobre o que é nota de corretagem

A nota de corretagem é um dos documentos com que os investidores mais lidam no dia a dia. Entendê-las é muito importante, considerando que servem como uma espécie de certificado das transações feitas.

A seguir, confira mais informações sobre esse importante registro e aprenda a interpretar os elementos que ele contém.

Relacionadas:

Nota de corretagem: o que é?

A nota de corretagem nada mais é do que um documento gerado pela corretora a qual o investidor é associado, sempre que ele faz uma operação de compra ou venda de ativos na Bolsa. Geralmente é emitida no mesmo dia, mas também pode ser gerada no dia seguinte ao pregão.

Como entender a nota de corretagem?

Pense na nota de corretagem como uma nota fiscal dos investimentos. Nela, você irá encontrar informações relativas à corretora, ao investidor, ao valor de compra ou venda do ativo, bem como a quantidade transacionada, eventuais custos (corretagem, emolumentos) e se há possibilidade de cobrança do IRRF.

A importância desse documento vem da possibilidade de controle financeiro que ele oferece. Sabendo o preço de aquisição das ações, o investidor consegue avaliar se teve lucro ou prejuízo, ou estimar o melhor momento para vendê-las, por exemplo.

Como acessar notas de corretagem com o C6 Bank?

Sabia que é possível acessar suas notas de corretagem no app do C6 Bank? Basta tocar em “Investimentos” na tela inicial do app e, em seguida, “Seus documentos”. Lá, você poderá consultar “Nota de corretagem – renda variável” do dia de seu interesse.

As notas de corretagem são marcadas por letras, no app do C6 Bank. Se estiver marcado um “C”, trata-se de uma compra. Já se constar um “V”, a operação foi de venda. Além disso, no campo de observações é possível saber se você fez ou não um Day Trade apenas com a demarcação de um “D”.

No campo “D/C” você também tem a possibilidade de conferir os débitos e créditos referentes às suas ações. Esses valores vão compor o total líquido da nota de corretagem, sendo que “C” é de crédito, representando o valor das suas vendas, e “D” significa débito, indicando o quanto você pagou pelas suas ações.

Podem constar, ainda, alguns outros dados: Liquidação, Clearing e emolumentos, que são taxas cobradas pela B3 a cada operação em renda variável. Essas serão as únicas taxas cobrada: o C6 Bank não cobra taxa de corretagem, nem de custódia.

Por fim, é possível verificar o valor que será lançado na conta corrente, em “líquido”. Caso haja um “C” ao lado do valor, você o receberá em 2 dias úteis. Se houver um “D”, você terá esse débito na sua conta no mesmo dia da operação.

Ainda não está usando o C6 Bank? Baixe o app, abra sua conta digital gratuita, peça seu cartão sem anuidade com a cor que quiser e aproveite um banco completo com tudo em um só app.

Leia também: Especulação: o que é?