Seu Bolso

Como ter renda passiva de R$ 5.000 investindo em ações

Prof. Liao monta uma carteira previdenciária de ações que pagam dividendos


Mulher sentadade frente para um computador acompanhando cotações da bolsa de valores

Em mais um episódio da série “E Agora, Prof.?“, o professor Liao Yu Chieh, educador financeiro do C6 Bank, mostra como ter uma renda passiva de R$ 5.000 investindo em ações.

O professor recebeu a dúvida de um seguidor que tem 32 anos e quer se aposentar com rendimento mensal de R$ 5.000 aos 45 anos. Como investir?

Existem várias estratégias para investir com foco em aposentadoria, como previdência privada e fundos imobiliários. Mas neste vídeo, o Prof. Liao vai montar uma carteira previdenciária de ações para mostrar como se aposentar com ações que pagam dividendos.

O que são dividendos?

“É simples: assim como o sócio de uma padaria embolsa parte do lucro da empresa, quem é sócio de uma companhia listada na bolsa também pode ser remunerado. Esse pedacinho do lucro líquido que uma empresa distribui para seus donos, seus acionistas, se chama dividendo”, explica.

Relacionadas:

Todas as empresas pagam dividendos?

Não. Primeiro, ela precisa ter lucro. E mesmo assim a empresa pode optar, por exemplo, por pegar esse dinheiro e reinvestir na própria empresa. Elas podem fazer isso com o objetivo de crescer e aumentar seus lucros futuros. A Amazon, por exemplo, até hoje nunca distribuiu dividendos aos seus acionistas.

Mas existem alguns setores que historicamente são bons pagadores de dividendos, como por exemplo o setor elétrico e o setor bancário. Nos EUA, inclusive, existe até um índice chamado S&P 500 Dividend Aristocrats, só de empresas que têm pagado dividendos crescentes nos últimos 25 anos.

Outro ponto interessante dos dividendos é que eles são isentos de Imposto de Renda. Isso pode até mudar no futuro, mas por enquanto você ainda pode se aproveitar desse benefício.

Vou receber dividendos todo mês?

Não. Cada empresa tem um período diferente de pagamento. Tem algumas que pagam mensalmente, outras bimestralmente e por aí vai. Quem decide esse calendário é o Conselho de Administração de cada empresa. Existem três datas-chave para você prestar muita atenção:

  • Data da declaração: o Conselho divulga as datas nas quais serão pagos esses dividendos
  • Data ex: serve para organizar quais investidores vão receber ou não os dividendos
  • Data de pagamento: “e o melhor dia de todos”, brinca Liao.

Dividend Yield

Uma boa dica para buscar bons pagadores de dividendos é pesquisar o índice Dividend Yield, que mostra como está o pagamento de dividendos das empresas em relação ao preço da ação.

Para calcular, imagine que o seguidor Wilton tenha uma ação que no ano passado pagou esses dividendos:

  • Abril de 2021: R$ 1,50 de dividendo por ação
  • Agosto de 2021: R$ 1,50 de dividendo por ação
  • Dezembro de 2021: R$ 0,70 de dividendo por ação

Primeiro, ele deve somar os valores pagos de dividendo ao longo do ano: R$ 3,70. Supondo que o preço da ação na virada do ano tenha chegado a R$ 27, isso significa que essa ação tem um Dividend Yield de 13,7%.

Simulação

Vamos supor que o seguidor Wilton tenha montado uma carteira bem diversificada, com empresas consolidadas e que historicamente pagam bastante dividendos.

Como as datas futuras de pagamento podem variar bastante e cada empresa tem um Dividend Yield diferente, o Prof. realiza uma simulação.

Com uma carteira com Dividend Yield médio de 6% ao ano acima da inflação, com a meta que o Wilton passou de ter uma renda média de R$ 5.000 por mês no futuro, investindo por 13 anos, quanto ele precisa investir nessa carteira? De acordo com os cálculos do nosso educador financeiro, a resposta é R$ 4.371 mensais, corrigidos pela inflação.

Quer entender todos os cálculos do Prof. Liao e aprender a fazer o mesmo para o seu objetivo de aposentaria? Confira no vídeo completo: https://www.youtube.com/watch?v=q34V247LmjY

Ainda não está usando o C6 Bank? Baixe o app, abra sua conta digital gratuita, peça seu cartão sem anuidade com a cor que quiser e aproveite um banco completo com tudo em um só app.

Leia também: Investir pouco aos 20 ou muito aos 40 anos?